Tu me ensina a fazer renda, que eu te ensino a namorar

0 249

por Paulo Lucena*

Com a cada crise econômica, começo a ler uma série de artigos que apontam a colaboração entre o varejo e a indústria como algo fundamental para acelerar a retomada da economia e como modelo sustentável para os negócios.

Mas, na prática, o que acaba acontecendo é que a grande maioria dos negócios são realizados no modelo tradicional, em que o fornecedor tenta vender o maior volume possível de seus produtos e o varejo, por sua vez, acata estes volumes inadequados para obter vantagens na negociação, como descontos ou outros tipos de bonificação.

Estes indicadores conflitantes trazem sucesso e glória para os personagens envolvidos. O vendedor celebra a conquista da meta e o comprador por ter salvado a negociação. Ao mesmo tempo, excessos de estoque comprometem fluxo de caixa do varejo e aumenta a ruptura, pois o capital e o espaço físico do estoque foram empregados de forma incorreta.

A solução para este conflito é alinharmos as vendas e as compras à demanda real do consumidor, onde o que e o quanto comprar utilizará como parâmetro o sell-out. E o abastecimento será dentro de um modelo de ganha-ganha, propiciando até que o fornecedor se responsabilize pela gestão dos seus produtos no ponto de venda.

A colaboração é o caminho para que indústria e varejo possam “namorá” e fazer “renda”, transformando intenções em rotinas de trabalho dentro de um fluxo mercantil mais inteligente e lucrativo.

*Paulo Lucena é diretor comercial da Neogrid

 

Quer saber mais?

O Portal NEWTRADE publica, todas as segundas e quartas-feiras, artigos exclusivos com análises, opiniões e muita informação especializada e dirigida aos negócios do varejo e do atacado.

Reunimos um verdadeiro time de especialistas que estará com a gente toda semana. Perdeu os primeiros artigos? Tudo bem. A gente te ajuda com isso. Mas anote na agenda! Toda quarta-feira, no Portal NEWTRADE, fique por dentro de tudo o que nossos colunistas têm para contar.

Melhore a gestão do seu negócio com PDCA – Luiz Muniz

O desafio dos três “es” – Olegário Araújo

Avanços tecnológicos no varejo em resposta à covid-19 – André Faria

Ambientes incertos e adaptação à mudança: o que podemos fazer, como empresa, em um ambiente de pandemia  – Patrícia Cotti

Novo consumidor, necessidades antigas – Gustavo Carrer

É hora de planejar a retomada – Camila Pacheco

Conheça-te e a teus shoppers – Fátima Merlin

A hora da digitalização do atacado – Eduardo Terra

Covid-19 é um MBA para qualquer gestor – Celso Sato

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.