Disposição do consumidor para gastar deve permanecer alta no 1º TRI

0 30

Após o melhor Natal para o varejo desde 2014, as vendas neste trimestre ainda devem se manter aquecidas. De acordo o Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Consumo (IBEVAR), a estimativa de crescimento é de 5,87% no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior. Na comparação com o quarto trimestre de 2019, a projeção é que as vendas cresçam 1,01%.

Segmentos de maior avanço

Segundo o levantamento, o segmento de móveis e eletrodomésticos deve ter um avanço mais significativo, com 9,80% no primeiro trimestre em relação ao mesmo período de 2019. Seguido de artigos de uso pessoal e domésticos (7,66%), automóveis, motos, partes e peças (6,81%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e perfumaria (5,53%).

Segmentos em queda

Algumas categorias que devem apresentar queda neste trimestre são livros, jornais, revistas e papelaria (-11,44%) e escritório, informática e comunicação (-0,87), comparado com o período do ano passado.

Fonte e-commerce brasil
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.