Falta de produtos na gôndola e no estoque são principais causas de perdas de vendas no varejo

0 564

Chegar ao supermercado e não encontrar um produto na prateleira não é apenas uma dor de cabeça para o consumidor. Quando isso acontece, o varejista deixa de vender e pode até perder clientes. Um estudo feito pela Neogrid mostra que a ruptura e o estoque virtual estático estão entre os principais motivos das vendas perdidas no varejo alimentar brasileiro no primeiro semestre de 2021.

O trabalho identificou que a ruptura pode ser causada por diferentes motivos, incluindo a falta de produtos por atraso do fornecedor ou do Centro de Distribuição, falta do item no CD e pedido não emitido. Por sua vez, o estoque virtual estático ocorre quando itens que possuem determinada frequência de vendas de repente param de vender.

De acordo com a empresa, esses dois gargalos respondem por 41,2% das perdas nas vendas do varejo alimentar e podem ser resolvidos com ajustes de processos.

 

Fonte Mercado e Consumo
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.