Compras por dispositivos móveis avançam mais de 30% no Brasil

0 731

Desde o início da pandemia, preferência por compras no ambiente online disparou no país, com um aumento de mais de 30% em compras realizadas por dispositivos móveis. O Brasil lidera o uso de dispositivos móveis para realização de compras online, com 20% dos das transações feitas pelo mobile contra pelo 10% computador.

O país está à frente de países como Reino Unido (17% versus 22% respectivamente), Estados Unidos (16% – 25%) e Austrália (13% – 18%), segundo o Índice Global de Compras Digitais, elaborado pela Cybersource, solução de gerenciamento de pagamentos digitais da visa, em parceria com a PYMNTS.com.

Por outro lado, aos brasileiros passaram a consumir menos em lojas físicas, com queda de 17% na proporção de consumidores que preferem a experiência de compra tradicional. As pessoas com mais 42 anos são as que mais aderiram aos novos hábitos de compra online, sendo que 39% são de menor renda e 35% de alta renda.

Os mais jovens (até 37 anos) e com renda mais elevada são os maiores adeptos do digital. De acordo com o estudo, metade dos jovens de alta renda realizou suas últimas compras por meio de canais móveis ou online. Isso é o dobro do que a média dos brasileiros. Além disso, 74% dizem preferir o ambiente online para comprar.

“Uma oportunidade significativa para o comércio varejista digital no Brasil impulsionar as vendas no mobile, criando conteúdo e design específicos, além de ofertas de meios de pagamento seguros a serem disponibilizados nos dispositivos móveis. Tudo para proporcionar uma experiência fluida e segura para o consumidor”, salientou Fernando Pantaleão, vice-presidente de vendas e soluções da Visa do Brasil.

Pagamento mobile

A jornada de compra pelos dispositivos móveis começa pela pesquisa e consulta de preços. Metade dos brasileiros usam smartphones para consultar sobre produtos antes de tomar qualquer decisão, o que representa o dobro da participação verificada no Reino Unido, EUA e Austrália.

Quanto às formas de pagamento, o cartão de crédito é o mais usado no e-commerce por 62% dos brasileiros, enquanto o débito online é utilizado por 14%. Já os pagamentos com carteiras digitais e “card on file” respondem por 7% e 4%, respectivamente. Nas compras em lojas físicas, a preferência por meios eletrônicos de pagamento, como cartões de crédito e débito, é partilhada por 55% dos os consumidores, enquanto 31% preferem o dinheiro.

Com a adoção do padrão de autenticação 3DS 2.0, que autentica o pagador em compras online, as transações digitais ficarão cada vez mais seguras. Isso vem impulsionado não apenas o pagamento digital no e-commerce, mas a aceitação de cartões débito nesse canal.

A solução permite aos estabelecimentos comerciais online enviar até 10 vezes mais dados sobre a transação para o emissor do cartão, o que resulta em mais confiança na aprovação desses pagamentos. De acordo com a Visa, cerca de 93% de credenciais da empresa já estão habilitadas para autenticação.

“A partir desse processo de autenticação, e por conta de outras soluções que temos implantado, tanto do lado do emissor, quanto dos e-commerces, as transações online tornam-se a cada dia mais seguras e rápidas, privilegiando a experiência do consumidor”, acrescenta o executivo.

O estudo foi realizado com 2.105 consumidores brasileiros, entre 25 de novembro e 16 de dezembro de 2020. Também foram avaliados 502 estabelecimentos, de 4 de novembro a 18 de dezembro de 2020.

 

Via IT Fórum
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.