Como ser inovador para os consumidores

0 325

Por Braulio Lalau de Carvalho, CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini

Durante a NRF Retail’s Big Show 2019, a Forrester Research reforçou a necessidade de ficarmos atentos na hora que conversamos com os nossos clientes e alertou: “É preciso inovar a todo momento, e é extremamente importante continuar a coletar informações, mas de uma maneira que seja útil para as marcas e menos invasiva para os consumidores.”

Diante desse cenário, percebemos um mundo cada vez mais dinâmico e os clientes cada vez mais exigentes na busca de experiências únicas e inovadoras. As corporações precisam se reinventar o tempo todo para promover uma jornada totalmente personalizada para os seus clientes. Ainda segundo a consultoria Forrester Research, 40% das empresas já estão utilizando a análise de dados em atividades essenciais, como, por exemplo, vendas, desenvolvimento de produtos e marketing, sendo que 90% das empresas passaram a utilizar informações de negócios orientadas por pesquisas.

Braulio Lalau de Carvalho, CEO da Orbitall

Já de acordo com o levantamento da Opinion Box, 53% dos consumidores brasileiros já se sentiram desrespeitados por empresas das quais compraram algum produto. Além do mais, 79% dos brasileiros deixaram de comprar determinada marca após serem mal atendidos, seja no mundo físico ou virtual. Grandes corporações estão percebendo a importância da transformação cultural do consumidor e de novas tecnologias que favoreçam a fidelização e engajamento do cliente.

Entender o consumidor é um dos grandes desafios, mas as ferramentas de analytics podem ajudar nessa tarefa, permitindo identificar as características que tornem o contato com o cliente ainda mais eficiente e inovador. Alcançar o novo consumidor será o principal motivo para a demanda de novas soluções. O cliente da geração Millennial costuma ser mais exigente e conectado. E com a geração Z, o questionamento tende a ser ainda maior.

Por isso, a principal meta na adoção das novas tecnologias inovadoras é a mudança de mindset, ou seja, que os líderes entendam a importância de investir nas novas tecnologias e os benefícios que elas trarão para o negócio, principalmente no futuro.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.