Sites de comércio saem do ar nas primeiras horas de Black Friday

0 26

As primeiras horas de Black Friday foram marcadas por algo além de superpromoções. Alguns sites não aguentaram o alto número de visitantes e o acesso passou a ser difícil a partir da meia-noite desta sexta-feira (29). Dois deles foram o Submarino e a Americanas, ambos do grupo B2W. Já nas primeiras horas, as lojas bateram recordes de reclamações.

O internauta, ao acessar os sites, se deparava com uma espécie de “fila virtual”, que pedia que o usuário aguardasse alguns instantes sem atualizar a página. O tempo de espera, no entanto, ultrapassou os quinze minutos, de acordo com testes realizado pelo TechTudo.

Essa é a segunda vez que sites da companhia enfrentam problemas durante períodos de alta visitação. Mais cedo neste ano, durante o evento Black Night, uma espécie de prévia da Black Friday organizada pela B2W em outubro, os usuários tiveram dificuldade em navegar nas páginas para conferir as ofertas. O Procon-SP chegou a notificar Submarino, Americanas e Shoptime pelo problema. A empresa não se manifestou na ocasião.

Os problemas de acesso foram normalizada no início da manhã desta sexta-feira, quando a demanda de acessos foi menor. Porém, por volta das 9h os sites voltaram a apresentar a tela com a “fila virtual” ou não permitir login de usuários, além de outros problemas graves.

A instabilidade atinge outros sites de e-commerce como Fast Shop, Extra, Saraiva e Apple.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.