Rede varejista de Campinas inova com lives, chefs e parcerias

0 157

Por Rubia Evangelinellis

A rede Dalben Supermercados, com três unidades de Campinas (SP), agiu rapidamente quando começou as restrições impostas pela pandemia do Covid19. A primeira delas foi impulsionar e-commerce e adotar a parceria com os fornecedores para incrementar e criar ações virtuais em que expõem, promove e vende produtos interagindo os clientes, que encontram ali novas experiência de consumo.

Por meio de lives e reuniões virtuais fechadas consegue inclusive reunir indústrias de diferentes segmentos em uma mesma ação, como aconteceu com uma degustação fechada e comentada de vinho, na qual o participante tinha de adquirir um kit que tinha desde a bebida até frios e panificados. “Estamos nos reinventando com ações voltadas ao marketing, eventos online, além de sell-out e eventos do dia a dia. Nos unimos à indústria (uma ou mais) para divulgar os produtos e novas formas de consumo. Outro dia apresentamos como fazer lasanha com hambúrguer;com chef de restaurante da região ensinando a receita inusitada”, diz Fernanda Dalben, diretora de marketing.

Fernanda Dalben, diretora de marketing

Recentemente, a empresa lançou a Loja ao Vivo. A primeira edição ocorreu em 17 de junho em parceria com uma grande indústria, que atua no ramo de food service. Na ocasião, por meio de uma live nas redes sociais, o chef Pedro Liberalesso, dessa empresa, demonstrou as características da tábua pronta do fondue dando dicas de como incrementar a receita do produto vendido pronto para o consumo. Com tempo cronometrado de duração para as vendas, com QR Code na tela e um hotsite com contagem regressiva de duração da promoção (24 horas),a empresa garante que esgotou o estoque de 100 tábuas de fondue do fabricante antes mesmo do prazo previsto: em três horas.

A partir do bom resultado com as ações virtuais, a Dalben já programou mais duas apresentações da Loja ao Vivo em julho: o Dia da Pizza, que aconteceu no dia 10, e o Dia do Bolo, que será no dia 20. “Com o conjunto das ações digitais tivemos um aumento expressivo no número de seguidores das redes sociais (principalmente Instagram) e também o engajamento (do público). Sem contar as vendas dos produtos que ofertamos durante as lives, o aumento de vendas chega a 40% em volume”, enfatiza Fernanda, acrescentando que o tíquete médio do e-commerce alcança 290 reais e supera da loja física, de 95 reais.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.