Receita Federal barra venda de produtos

0 40

A Fnac, que recentemente abriu uma unidade no aeroporto de Guarulhos, não tem autorização da Receita Federal para funcionar como free shop, segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo. Mesmo operando sem o aval da Receita, a loja conseguiu vender todos os iPhones disponíveis.

Diferente do que a empresa havia anunciado no início do mês, a Fnac do terminal 3 do aeroporto está vendendo produtos  com preços mais caros do que na sua loja virtual.

De acordo com a Folha, a Fnac deu entrada no pedido de autorização para operar como loja franca há cerca de quatro meses. A empresa esperava obter a aprovação antes da inauguração.

A loja de Guarulhos é abastecida com o estoque da própria rede no Brasil. A remessa de produtos importados, que a companhia planeja vender na loja do aeroporto sem os impostos, está parada da alfândega.

A Fnac não comentou quantos aparelhos foram vendidos nem se está cobrando os preços sem impostos.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.