Oficina de grife famosa é flagrada com trabalho escravo

0 43

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) flagraram trabalho escravo em oficina da marca M. Officer pela segunda vez.

Segundo o procurador do Trabalho Tiago Muniz Cavalcanti, foi realizada uma força-tarefa este ano para verificar se os problemas encontrados em novembro do ano passado persistiam. “Chegamos à conclusão de que o trabalho análogo à escravidão não tinha acabado nas oficinas contratadas pela M. Officer”, afirma ele.

Ao todo, seis trabalhadores (cinco homens e uma mulher) foram libertados em uma oficina na Vila Santa Inês, em São Paulo
Presente da operação, a procuradora Tatiana Simonetti destaca que o MTE está terminando de gerar as provas do caso e o MPT vai ingressar com ação em breve. “Na semana que vem, a empresa já será autuada”, reforça.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.