Le biscuit vê expansão com franquias

0 449

A varejista baiana Le Biscuit, que possui 100 lojas próprias em operação no País, pretende dar mais um passo para sua escalada nacional. Por meio de franquias, a marca espera chegar a cidades com menos de 200 mil habitantes, e já tem pelo menos 300 municípios no radar para este crescimento. “Temos um modelo resiliente nos cenários mais desafiadores de consumo, replicável em escala, com alto potencial de expansão”, afirma o CEO da Le biscuit, Roberto Hentzy.

De acordo com ele com o modelo de franquia, a empresa abre “uma nova avenida de crescimento. Estamos muito bem preparados em termos de infraestrutura, processos operacionais e gestão para oferecer uma excelente opção de investimento para os franqueados”, comentou ele, citando a realização de um mapeamento que encontrou mais de 300 municípios com potencial de mercado.

A empresa, que atualmente atual nas regiões Nordeste, Norte e Sudeste do País, completa este ano meio século desde sua inauguração, na cidade de Feira de Santana, em 1968. A partir de 2012, com o apoio do fundo de investimento Vinci Partners, a rede investiu na expansão e iniciou o ano de 2018 com 100 lojas próprias em operação.
No período, Hentzy conta que foram investidos cerca de R$ 100 milhões na empresa, movimento que abriu o caminho para a expansão por meio de franquias. De acordo com ele, para operar uma loja da marca é preciso um ponto comercial de cerca de 500 metros quadrados e um investimento estimado em R$ 1,5 milhão, já com estoque incluso.

A estrutura para operar por meio de franquias foi desenvolvida com ajuda do Grupo Bittencourt, e desenvolveu novos processos. Atualmente, a Le biscuit comercializa mais de 20 mil itens, divididos em diversas categorias que vão desde artesanato ate eletroportáteis.

Fonte DCI
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.