Infracommerce assume Plataforma “Meu Mercado em Casa”, da Unilever

0 390

A Infracommerce acaba de anunciar que irá assumir a plataforma “Meu mercado em casa”, da Unilever, que visa facilitar o acesso de consumidores e lojistas ao mundo digital (compra e venda online), principalmente dos supermercados de bairros. O marketplace, lançado em 2018, tem um fluxo fácil, onde é possível escolher o mercado favorito, selecionar os produtos, pagar online e receber ou retirar no próprio local.

O contrato entre as duas empresas inclui incremento das atividades da plataforma e tem como objetivo aumentar o número de estabelecimentos cadastrados, assim como o número de usuários que compram pela plataforma, além de aumentar a oferta e a diversidade de produtos aos consumidores. Pelo acordo, a Infracommerce fica responsável por toda a implementação, manutenção, suporte técnico e desenvolvimento da operação.

“O aumento de consumidores nos marketplaces nos mostra que estamos indo no caminho certo. Assumir a plataforma “Meu Mercado em Casa” é o primeiro passo para atuar na digitalização do long tail do varejo oferecendo nossas soluções, em especial trade finance” afirma Kai Schoppen, fundador e CEO da Infracommerce. “Nossa meta é continuar fazendo a plataforma crescer nos próximos cinco anos, além de aumentar consideravelmente sua visibilidade nos próximos 10 anos. E estamos prontos para isso”, ressalta.

A plataforma tem abrangência nacional, mas 50% de sua atuação é concentrada em São Paulo. “Continuaremos trabalhando para expandir cada vez mais e levar a facilidade do “Meu Mercado em Casa” ao máximo de lugares possível”, conclui Kai. Hoje, a Infracommerce já opera grandes marketplaces de B2B e, por meio deles, se conecta a mais de 300 mil pequenos varejos no Brasil.

O “Meu Mercado Em Casa” nasceu do desejo da Unilever de apoiar os varejistas em sua inclusão digital. “Investimos e nos preparamos para criar um marketplace democrático e acessível àqueles que teriam muitos desafios para desenvolver soluções individuais para entrar no e-commerce. A plataforma deu tão certo que foi decisiva para nossos clientes no momento da pandemia. Graças a essa inovação, diversos varejistas puderam continuar operando durantes meses e meses de arrefecimento do comércio. A Unilever segue acreditando no crescimento da plataforma, que agora alçará novos voos”, reitera Marcelo Costa, Vice-presidente de desenvolvimento de clientes e transformação digital.

Neste primeiro momento, o marketplace continua utilizando o ecossistema desenvolvido pela Unilever. A implementação de todo o sistema da Infracommerce começa a partir do próximo ano.

A operação depende da aprovação do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.