Hirota Food expande operação com formato express

0 73

Com 46 anos de operação, a rede de supermercados Hirota deseja atingir 100 lojas nos próximos três anos. O pilar da expansão será o modelo de lojas pequenas Hirota Food Express, que até 2021 somará 80 unidades, com um crescimento de 400%. Com três anos de atividade, o formato já responde por 8% do faturamento da rede, que, em 2019, deverá alcançar R$ 500 milhões. Hoje são 36 lojas na capital paulistana, 16 no modelo supermercado e outras 20 Hirota Food Express.

A estratégia de crescimento começou a ser planejada há pouco mais de três anos e permitirá à companhia chegar a áreas onde não atuaria com lojas convencionais. Em 2019, a rede vai investir 30 milhões. Um novo centro de produção de alimentos será o principal investimento e custará 10 milhões. O restante será destinado para a reforma do atual centro de distribuição, na criação de 10 novas lojas do Express e para uma nova unidade de supermercado.

Em março, a rede abriu um supermercado conceito, localizado no Morumbi, com 1.000 m e 6 milhões de investimento. “O Hirota está em crescimento. Pretendemos ser uma rede de grande porte, sem perder a qualidade, o preço competitivo e o foco no atendimento”, afirmou Hélio Freddi, diretor de Marketing e Expansão do Hirota Food Supermercado.

“Há 20 anos, as pessoas despendiam duas horas para alimentação. Hoje, gastam em média 20 minutos”, explicou o diretor. O Hirota Food Express é inspirado no kombini japonês – a loja de conveniência em que se encontra um pouco de tudo, desde produtos de higiene pessoal até comida pronta para ser saboreada na hora ou levada para casa. “É uma loja que oferece solução para alimentação a qualquer hora do dia”, disse Hélio.

No Japão, existem cerca de 60 mil kombinis. “Nós trouxemos esse conceito para o Brasil, onde 60% do negócio é comida, com opções para a pessoa tomar o seu café, o seu lanche, almoçar, fazer o lanche da tarde e levar o jantar para casa”, explicou. No Brasil, não tem existe modelo semelhante. As outras redes abriram versões de minimercados. “Nós somos loja de conveniência”, concluiu o executivo.

O diferencial da rede é alimentação. Ela conta com um selo de qualidade dado pelo governo japonês, o Jetro (Japan External Trade Organization). O foco é a alimentação oriental, incluindo comida pronta e produtos industrializados. “Nossa Central de Produção reúne 150 funcionários, e trata-se de um grande diferencial, pois somos os únicos a produzir os próprios pratos. Compramos poucos produtos de terceiros”, completou Freddi.

Fonte Mercado & Consumo
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.