Fortalecer sua marca é fundamental para garantir maiores vendas, afirma executivo do Google

0 77

O comportamento do consumidor atual no mercado tem características de imediatismo. O cliente quer se sentir importante e não tolera mais esperar como no passado para receber um produto. Ele também quer poder escolher se vai receber em casa ou se vai poder retirar a encomenda.

Mas tudo isso só se torna realidade se o consumidor tiver confiança na sua marca. “Em qualquer época do ano, mas especialmente na Black Friday, a gente tem uma competição de tempo. Ninguém tem disponibilidade para entrar em todas as lojas e ver qual a melhor”, explica Celeri.

A tendência de todo consumidor é escolher sempre a marca que já conhece para fazer suas compras. “E a marca tem papel muito importante nesse processo. E começar a trabalhar a sua marca muito antes da data, faz com que a gente aproveite bem esse período”, completa o executivo.

Preço

A percepção do preço é extremamente importante. “Ano passado, mais da metade das compras na Black Friday foram planejadas. E muitas tiveram a percepção de preço e deixaram de comprar”, diz Fabio.

O consumidor, explica o executivo, está cada vez mais impaciente. E quer uma boa experiência de compra. Para isso, um frete mais rápido é fundamental. Sem contar que o frete não pode inflacionar a compra.

Benefícios além do preço

Entre os benefícios que extrapolam o preço, estão as condições de pagamento, oferecer cupons de desconto e, porque não, cashback.

Entrada

De acordo com o Google, a black friday continua sendo a porta de entrada de muitas pessoas, que acabam fazendo a primeira compra online exatamente na black friday.

“Atualmente, são 8 milhões de pessoas que não compraram online, mas que estão dispostas a isso. Estamos em uma época em que as pessoas se sentem mais abertas a comprar na internet. Mas só 25 por cento comprariam em sites que nunca ouviram falar. É por isso que é preciso investir na marca e torná-la mais conhecida”. afirma Celeri.

Ou seja, as pessoas quer experimentar a compra online, mas não querem arriscar, segundo o executivo.

Outro fator importante analisado pelo Google é que as pessoas estão dispostas a comprar produtos em categorias que nunca tinham comprado antes. Eletrônicos continuam puxando as vendas. Mas já se vê como destaques, também, categorias como bebidas, além de Móveis e decorações.

“25% das vendas de móveis no Brasil foram influenciadas pelo digital. O consumidor pesquisa informações, detalhes sobre os produtos, medidas. E depois vai pra loja que descobriu na internet e compra o produto”, explica Celeri.

Estratégias
Omnichannel

Essa aerá a black friday omnichannel, na opinião de Celeri. Ele diz que a Black Friday surgiu no digital, mas ganhou seu espaço nas lojas físicas. Hoje está tudo misturado. “E a gente tem que conquistar essas pessoas de uma maneira eficiente antes que elas sigam para outros players”, explica.

O digital tem papel importante neste processo de descoberta. E, mais do que isso, é importante para reconquistar clientes que já compraram na sua loja antes e que, por algum motivo, migraram para concorrentes.

Fonte e-commerce Brasil
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.