B2W testa drones para entregas no e-commerce

0 63

A B2W Digital, controladora de sites como Americanas.com e Submarino, anunciou nesta semana que irá iniciar testes para entregas de mercadorias com drones no Brasil. Será o primeiro e-commerce a apostar nessa tecnologia para o varejo.
Segundo a empresa, a documentação para entrar com o processo de voo experimental junto à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) já foi iniciada. A expectativa é começar a realizar entregas dentro de 18 meses.

Em um primeiro momento os drones serão utilizados para transportar produtos dos centros de distribuição para unidades físicas das Lojas Americanas ou outros pontos pré-determinados. Posteriormente os clientes devem poder contar com a entrega aérea em suas portas.

Em evento na quinta-feira (4), a B2W chegou a fazer uma demonstração do funcionamento dos drones, disponibilizados pela empresa SMX Systems/Speedbird Aero, que desenvolve os drones com tecnologia totalmente nacional.

Essa empresa já realizou mais de 600 voos experimentais com distância média de 2 km. O primeiro feito em parceria com a B2W foi em 21 de junho entre o Centro de Distribuição da B2W e o Centro de Distribuição da Lojas americanas, ambos em Itapevi (SP), uma distância de 1 km. O drone utilizado, todavia, tem autonomia para voar até 10 km.

Questão regulatória

A Anac já registrou 68 mil drones no país. Pelas normas atuais, todas as empresas que utilizam os robôs voadores precisam entrar em contato com a agência regulatória e registrar suas unidades. A B2W tem expectativa que sejam criadas normas específicas para o varejo.

Fora do Brasil, a Amazon realizou o primeiro teste de entrega via drone em 2016. Em junho, a empresa apresentou o protótipo atual para este fim, que permite entregas de produtos de até 2,2 kg e percorre até 24 km.

Fonte InfoMoney
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.