O Mappin está de volta, mas só no e-commerce

0 204

O grupo Mappin, de lojas de departamento, anunciou que voltará ao Brasil após 20 anos de inatividade. As vendas online pelo site Mappin.com.br estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (10). O comando do grupo será da Blue Group, empresa que também cuida das operações digitais da Marabraz.

No lançamento, o Mappin online terá 15 mil itens à venda, nas linhas de móveis, decoração, cama, mesa e banho, entre outros. A plataforma pretende estrear um marketplace para vender mais de 500 mil produtos de terceiros já no segundo semestre deste ano.

Abdul Fares, sócio-diretor financeiro da Marabraz, disse que o investimento na nova operação passou de R$ 4 milhões. “Sabemos que essa é uma marca muito querida e nostálgica, por isso todos os nossos esforços estão focados para atender às expectativas do público. A ideia do e-commerce é tornar possível que as pessoas encontrem tudo o que procuram, como era a proposta da marca antigamente, mas agora sem precisar sair do conforto do lar”, explica.

O Mappin chegou a São Paulo em 1913 pelos irmãos Walter John Mappin e Herbert Joseph Mappin, inicialmente no formato de produtos de luxo. O foco em varejo popular veio com o tempo, mas se tornou marca registrada da rede.

O grupo foi precursor do modelo de crediário no país na época da crise de 1929. Seu auge foi durante as décadas de 1970 e 1990 e o encerramento das atividades se deu em 1999, sob o comando da família Mansur, que comprara a marca 3 anos antes. Em 2009, a marca foi adquirida pela Marabraz por R$ 5 milhões.

Fonte InfoMoney
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.