LGPD: ética, segurança e privacidade dos dados no varejo

0 690

Artigo assinado por Reinaldo Nogueira, diretor do IBEVAR.

A ética é uma questão prática que vem sendo definida ao longo do tempo como algo que relaciona o comportamento humano ao respeito à essência das normas, valores e prescrições presentes em qualquer realidade social. Ética, em sua derivação do grego, está relacionada ao hábito, modo de ser em nossas ações como seres humanos.

Entendido este conceito inicial, podemos compreender que o uso dos DADOS no setor do VAREJO está ligado diretamente às melhores práticas de SEGURANÇA e PRIVACIDADE que os bons hábitos e costumes poderiam associar ao seu uso.

Infelizmente isto não acontece desta forma. A proteção do Consumidor em seu papel principal no VAREJO ainda passa por questões apelativas de alta exposição dos dados SENSÍVEIS e NÃO sensíveis.Isto passa pela compreensão de que o dado SENSÍVEL é aquele que identifica a pessoa de forma inequívoca, como os documentos pessoais (CPF, RG, PASSAPORTE etc) assim como religião, opção sexual, gênero entre outros. Já o dado NÃO sensível é aquele pertencente ao grupo das transações em uma venda no VAREJO por exemplo, que a depender da sua exposição, pode se tornar SENSÍVEL.

A LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados, que tomou efeito no Brasil a partir de 2 de Agosto de 2021, procura retratar em suas estruturas aspectos de:

  • Segurança Organizacional
  • Segurança Técnica
  • Ajustes Legais em sistemas
  • Ajustes Legais em mapeamento de fluxo de dados

Todos estes itens envelopados como uma solução única – a LGPD – procuram proporcionar o melhor cenário de segurança do dado para diversos setores: para o VAREJO não é diferente.

A Segurança, portanto poderá ser alavancada pela LGPD assim como a privacidade também que entrará como consequência à sua implantação.

Mas nem tudo se resume a uma questão legal e de obrigatoriedade de implantação e sim, uma Oportunidade de negócios que pode se abrir aqui. Sabe quando você faz uma limpeza de gavetas em sua residência ou mesmo no trabalho e, por sorte, acaba encontrando uma anotação perdida? Um livro perdido ? ou até mesmo dinheiro? Pois é, isto também acontece na LGPD.

Além de trazer todo aspecto de segurança e privacidade, também traz o conceito do LGPD a possibilidade de Oportunidades de Negócio; achando por aqui dados e modelos de aplicação de sistemas antes perdidos e esquecidos no “fundo de uma gaveta”.

Além destes “achados” você também aproveitará para trazer ganhos indiretos para a sua marca, proporcionando Transparência, Segurança, Credibilidade  e Maturidade à sua Marca no mercado.

Todo este pacote não é interessante? Então está na hora de começar dando o primeiro passo, conhecendo a ANPD – Autoridade Nacional de Proteção de Dados – https://www.gov.br/anpd/pt-br – que te orientará nos primeiros passos.

 

 

 

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.