Procon-SP notifica Facebook por apagão em seus apps

0 722

O Procon-SP notificou nesta quarta-feira (6) o Facebook por conta do apagão registrado em seus apps, incluindo o WhatsApp e Instagram durante quase 6 horas na última segunda (4).

A notificação questiona os motivos que levaram à queda dos aplicativos. Segundo o órgão, a companhia tem 7 dias para responder. Ao informar sobre a decisão na terça (5), o diretor do Procon-SP, Fernando Capez, apontou que muitas pessoas sofreram prejuízos por conta da queda dos serviços.
“Falhas internas não eximem a responsabilidade da prestadora de serviço”, disse Capez.

O Procon-SP afirmou que “pretende identificar as causas da pane geral e punir as empresas com multas superiores a 10 milhões”, a menos que a companhia justifique um “evento fortuito, externo e incontrolável”.

O Facebook disse que está à disposição para prestar esclarecimentos a autoridades.
“Sabemos da importância de nossos produtos e serviços para pessoas e empresas. Trabalhamos arduamente para restaurar o acesso a nossos aplicativos o mais rápido possível, o que ocorreu em algumas horas”, disse a companhia.

Com a notificação, a empresa deverá responder aos questionamentos. Se o Procon-SP não considerar que os esclarecimentos foram satisfatórios, pode ser aberto um processo e existe a possibilidade de multa. Foi assim com a Apple, que foi multada em R$ 10 milhões em março passado, pela venda de iPhones sem carregador, o que o Procon considerou uma prática abusiva.

Pane no Facebook

 

A empresa afirmou na noite de segunda-feira que o problema foi causado por um defeito durante a alteração em suas configurações.
“Queremos esclarecer que acreditamos que a causa da queda foi uma mudança de configuração”, disse a companhia.

A falha estava nos roteadores de backbone, uma espécie de espinha dorsal de um sistema. Em seu comunicado, o Facebook pediu desculpas aos usuários pelo apagão.
“A todas as pessoas e empresas que dependem de nós, lamentamos o transtorno causado pela interrupção de nossas plataformas”.

Fonte G1
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.