Neogrid e Fast Channel lançam marketplace B2B para atender pequenos varejos

0 1.270

 

A Neogrid e da Fast Channel lançam neste mês a plataforma e-B2B Partner Marketplace que promete facilitar o abastecimento dos pequenos varejos de todo o Brasil.

A plataforma é um marketplace que traz toda a expertise da Neogrid em supply chain e da Fast Channel em criar plataformas de venda B2B. O e-B2B Partner Marketplace é um local onde a indústria vai liderar o processo de digitalização da cadeia como um todo. Ao criar seu espaço de vendas na plataforma, a indústria fica responsável pelo marketing, divulgação e alavancagem de venda utilizando sua força de marca e branding e quando o pequeno comércio compra, a rede de distribuidores atende os pedidos ficando responsável pela entrega, pós-venda e atendimento.

“A vantagem do e-commerce B2B para a indústria é atender esse contingente imenso de pequenos negócios espalhados pelo país inteiro com mais qualidade e, por fim, aumentar as vendas. Muitas vezes, para um representante ir até determinadas localidades para tirar um pedido se torna mais caro do que o próprio pedido. Com a plataforma, a indústria e as distribuidoras chegam mais longe e podem utilizar os representantes de forma muito mais estratégica e consultiva, permitindo ampliar sua carteira e área de atuação, enquanto o e-Commerce B2B cuida da parte operacional como captação de pedido, status de pedido e informações de estoque e preços”, explica Mauricio Di Bonifácio, cofundador da Fast Channel.

A diferença de um marketplace B2B para o B2C é a customização das regras de negócio. Na plataforma cada indústria terá o seu espaço de vendas e nele poderá praticar as suas regras. “Isso é fundamental, pois ao contrário de um e-commerce do varejo, no atacado as regras são muito diferentes, os preços variam conforme o tamanho da compra, os impostos de cada Estado e cada indústria e distribuidores tem suas políticas de crédito, uma série de nuances.”, explica Bonifácio.

O pequeno varejista poderá fazer seus pedidos de maneira facilitada. Ao acessar a plataforma, após o cadastro, ele terá acesso aos produtos disponíveis para ele já com os preços, condições de crédito e prazos oferecidas para aquela região onde está. O pedido vai para a indústria que dá sequência acionando seus distribuidores que irão cuidar da execução e entrega.

“Tudo que pudermos fazer para melhorar o desempenho da indústria, distribuidores e varejo, nós faremos. Esse projeto com a Fast Channel é importante porque ele abre todo um novo leque de oportunidades ao expandir o alcance da indústria para os pequenos negócios que poderão ser atendidos com qualidade e agilidade. Unimos nossas expertises para chegar mais longe e atender melhor a cadeia como um todo e todos saem ganhando”, comemora Rodrigo Leão, Diretor de Marketing Neogrid.

Migrar para o digital

Um dos desafios do projeto é a mudança de cultura do pequeno varejista para um modelo mais self-service, migrando seus pedidos e parte do relacionamento com o fornecedor para a plataforma sem esperar apenas pelas tradicionais visitas dos representantes de venda. Conforme o executivo, poderão ser feitas campanhas de marketing e divulgação, tanto digitais quanto em conjunto com as distribuidoras e os próprios representantes. Outra estratégia a ser adotada são promoções e condições de venda exclusivas pela plataforma para impulsionar ainda mais os pedidos feitos digitalmente e aumentar o ganho de escala que o canal digital pode trazer para toda a cadeia.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.