iPad Air mantém Apple no topo do mercado de tablets

0 34

Quando o iPad de quarta geração foi lançado, no fim de 2012, a Apple foi criticada por trazer um produto sem novidades. Com a exceção de um processador mais poderoso e do conector Lightning, o lançamento era idêntico ao iPad de terceira geração.

Com o lançamento do iPad Air, que chegou ao Brasil há poucas semanas, a Apple trouxe mais novidades, mas nenhuma bombástica. O aparelho é mais fino e leve do que seu antecessor e traz um processador mais poderoso. Mas quem já possui um iPad comprado nos últimos dois anos não tem motivos para fazer o upgrade.

 

A favor:

– Ótima tela;

– Configuração poderosa;

– Excelente oferta de aplicativos.

 

Contra:

– Restrições da Apple podem desagradar a alguns usuários.

Design

O iPad Air é 20% mais fino do que seu antecessor, com 7,5 milímetros de espessura contra 9,0 do modelo anterior. O tablet também é mais leve e pesa 469 gramas.

 

Fora isso, não há grandes mudanças no design. O iPad Air mantém o clássico design do iPad, com apenas um botão físico (Home) na parte frontal. Os botões de volume e liga/desliga também estão nos mesmos lugares (lateral direita e superior, respectivamente).

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.