Amazon quer acabar com os supermercados

0 47

A Amazon quer fechar as portas dos supermercados. Depois de competir com as livrarias e o varejo em geral, as próximas vítimas de Jeff Bezos podem ser os mercados. Com o novo Amazon Dash, a empresa criou uma forma muito mais simples de fazer compras.

O Dash trabalha junto com o AmazonFresh, o serviço da Amazon que vende e entrega comidas frescas. O Dash é uma ferramenta que mistura um leitor de códigos de barras e um microfone. Com ele, é possível fazer a leitura de produtos que estão acabando na casa, como leite ou frutas em caldas.

Ele envia automaticamente o código lido para o serviço e manda entregar os produtos desejados. De acordo com o vídeo de apresentação (abaixo), a maioria das entregas chega no dia seguinte ao pedido.  

O gadget ainda traz um microfone. Ele salva os produtos falados em uma lista do usuário na AmazonFresh. É preciso uma confirmação (e escolha da marca) posteriormente.

A única limitação do Fresh é que ele está disponível em pouquíssimos locais. San Francisco, Los Angeles e Seattle são as únicas cidades do mundo em que ele funciona.

O Amazon Dash está sendo distribuído de graça nas três cidades onde o serviço está disponível, ainda que apenas para pessoas que tenham recebido um convite. A estratégia da Amazon é clara. 

O gadget pode chegar sem qualquer pagamento até a casa dos usuários, mas irá incentivá-los a fazer compras pela Amazon. Os lucros de varejo vão para a empresa logo depois, um bom negócio.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.