Torre da indústria Moinho Motrisa desaba em Maceió

0 65

Parte de uma das torres da fábrica grupo Moinhos de Trigo Indígena S/A (Motrisa), da marca Sarandi Alimentos, localizada na Avenida Comendador Leão, no bairro do Poço, desabou na tarde desta segunda-feira. A torre armazenava toneladas de grãos. De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), pelo menos 20 pessoas ficaram feridas, sendo uma pessoa em estado grave. As vítimas foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE).

A área foi evacuada devido à ameaça de novos desabamentos. Caminhões retiraram o trigo que se espalhou pela rua. Existe suspeita de que trabalhadores estejam soterrados. Equipes do Corpo de Bombeiros, do Bope e do Samu prestaram atendimento no local. A Força Nacional também ajuda nas buscas.

A Avenida Comendador Leão ficou interditada. Moradores contaram que o impacto do desabamento pôde ser percebido num raio de 500 metros. Veículos que estavam estacionados no local e que trafegavam na via no momento do desabamento ficaram soterrados. Uma casa que fica próximo ao moinho, atingida pelo impacto do acidente, também desabou. Não havia ninguém dentro do imóvel.

Apesar de moradores afirmarem que o prédio apresentava rachaduras, a coordenadoria de Defesa Civil de Maceió afirma que não havia registro de nenhum tipo de problema com a estrutura do prédio.

Por meio de nota, o grupo Moinhos de Trigo Indígena S/A (Motrisa) informou que estão sendo tomadas todas as providências no sentido de levantar as possíveis causas do acidente. A empresa informou ainda que não houve vítimas ou acidentados entre os funcionários e que todos os esforços no momento são no sentido de prestar auxilio às possíveis vítimas e respectivas famílias.

 

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.