Ministério Público abrirá inquérito para investigar acidente do Grupo Mateus

0 854

O Ministério Público do Trabalho (MPT) no Maranhão abrirá um inquérito para investigar as razões pelo desabamento de prateleiras em uma unidade do Grupo Mateus em São Luís, na noite da última sexta-feira (2). O acidente, ocorrido em uma filial da rede Mix Mateus Atacarejo, matou uma pessoa e oito ficaram feridas.

Segundo a autoridade pública, serão cumpridas normas de saúde e segurança de trabalho para evitar mais acidentes no local. Em nota, o MPT se solidarizou com os familiares das vítimas, e salientou seu trabalho em atuar na defesa dos direitos trabalhistas para assegurar condições seguranças e saudáveis.

“Sobre o acidente ocorrido na noite de sexta-feira, no Mix Mateus Atacarejo, no bairro Vinhais, em São Luís, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) informa que irá instaurar inquérito civil para apurar as causas”, informou o órgão na noite do último sábado (3).

“O órgão ministerial ressalta que envidará esforços para que ocorra o cumprimento rigoroso das normas de saúde e segurança de trabalho a fim de evitar novos acidentes. O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um meio ambiente de trabalho seguro e saudável”, pontuou o MPT-MA.

O Grupo Mateus divulgou um comunicado oficial sobre o ocorrido, dizendo que “lamentava informar sobre o acidente”, e que todas as medidas necessárias estavam sendo tomadas, em prol das vítimas e familiares.

“Imediatamente, todas as autoridades de segurança pública do estado foram acionadas e prontamente iniciaram o trabalho de apoio e, neste momento, realizam o resgate e o socorro dos feridos. O Grupo Mateus reforça que, neste momento, o que importa é o resgate dos envolvidas no acidente, o apoio às vítimas e seus familiares.”

 

Fonte Sunoresearch
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.