Aumento da Selic afeta a cadeia do abastecimento

0 30

Com a elevação da Selic para conter a escalada inflacionária, o Banco Central cumpre seu papel técnico. De acordo com José do Egito Frota Lopes Filho, presidente da ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados, o aumento do juro básico para 9,5% ao ano vem somar-se às dificuldades diárias que o empresariado enfrenta para tocar seus negócios em meio ao cipoal regulatório e tributário que consome as forças da nossa economia. “É sintomático que os analistas internacionais, de olho em nossas dificuldades crônicas, já tenham incluído o Brasil na lista dos cinco países mais frágeis do globo”, afirma ele.

O empresário explica que a situação do segmento atacadista distribuidor se torna mais confortável do que a da maioria dos segmentos, já que trabalha com produtos de consumo básico. “Mas não podemos deixar de atentar para o fato de que a combinação de investimento insuficiente, alto endividamento, pressões cambiais e juros crescentes cria um cenário perverso de baixo crescimento e falta de competitividade, insustentável a médio e longo prazo”, finaliza José do Egito.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.