Atacarejo lidera vendas em agosto

0 871

Com a alta dos preços nos produtos nos supermercados, muitos consumidores buscam soluções para continuar adquirindo itens para o dia a dia das famílias. No último mês, o canal atacarejo foi o que mais cresceu, principalmente, em São Paulo, Sul e Norte do Brasil.

É o que mostra o Radar Scanntech de Agosto. No levantamento, o atacarejo regional apresenta 9,0% de crescimento em comparação ao mesmo período de 2020, 2,9p.p. a mais que a média do total dos autosserviços alimentares, que cresceram 6,1% no período.

Nas demais regiões do Brasil, como o restante do Sudeste, Nordeste e Centro Oeste, os supermercados cresceram mais que os Atacarejos Regionais. A pesquisa, resulta da análise de um painel com mais de 21 mil pontos de vendas em todo o país, com foco em supermercados nacionais e Regionais e Atacarejos regionais, que representam 77% e 35% do faturamento de 2020 destes canais, respectivamente. O painel engloba 314 categorias de produtos analisadas, divididas em 10 cestas: bazar, bebidas, limpeza, mercearia, outros, perecíveis, perfumaria, pet, tabaco e têxtil. São processados mais de 700 milhões de tickets ao mês.

O painel mostra que 76% do crescimento em valor, no ano, vem dos itens de Mercearia Básica e Perecíveis. Todas as cestas de produto crescem em valor, exceto Perfumaria, Bebidas e Bazar. No entanto, em vendas em unidades apenas Pet e Tabaco crescem. Esse descompasso entre o valor das vendas e as unidades vendidas é reflexo da alta de preços para os consumidores, que estão com poder de compra reduzido.

“No caso das bebidas, vale ressaltar que com a liberação dos estabelecimentos nos últimos meses, o consumidor passa a ter a opção de sair de casa para consumir, isso pode explicar a queda nas vendas no varejo”, destaca Tiago Vavassori, Gerente da Scanntech responsável pelo Radar.

Segundo os dados do painel, com exceção de maio, agosto é o mês que apresenta menor crescimento comparado ao mesmo período do ano anterior. “A desaceleração está sendo puxada por todos os canais e vale ressaltar que isso se passa após um forte julho”, explica o executivo ressaltando que esse é um ponto que merece atenção do mercado.

O desempenho de agosto de 2021 em comparação aos demais meses é resultado da desaceleração do ticket médio, que era um dos drivers de crescimento dos outros meses, mas, mesmo assim, o mês de agosto segue em tendência estável, segundo a análise especializada, que apresenta dados úteis para análise de mercado e elaboração de estratégias gerenciais para resultados em vendas.

 

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.