IDV e Procon listam cuidados na Black Friday

0 42

Para que os consumidores aproveitem com segurança esta edição da Black Friday, que abrangerá tanto as lojas físicas quanto o e-commerce, o IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo) e a Fundação Procon-SP reforçaram junto às empresas participantes algumas recomendações para esta ação do varejo, que acontecerá amanhã, 27 de novembro. A iniciativa visa a evitar que eventuais falhas afetem a credibilidade dessa promoção, prejudicando o consumidor.

Entre as recomendações está o serviço de atendimento ao consumidor adequado e efetivo, de acordo com o horário de funcionamento do estabelecimento para o evento. No caso das lojas on-line, o atendimento deve ser realizado 24 horas, da meia-noite até as 23h59 de 27 de novembro, por chat, principais redes sociais ou telefone. Os preços e descontos também devem ser efetivos para os produtos participantes da Black Friday, sem aumento prévio do preço sobre o qual irá incidir o desconto anunciado. As empresas precisam ter estrutura e equipe adequadas para atendimento do público no dia da ação, no caso das lojas físicas, e reforçar a infraestrutura do site para melhor estabilidade, evitando a ocorrência de oscilações decorrentes do grande volume de acessos.

Outro ponto fundamental ressaltado pela Fundação Procon-SP é a necessidade de as empresas se comprometerem em proteger as informações pessoais dos consumidores, deixando claro no site que política pretendem adotar em defesa da privacidade dos clientes.

Os produtos participantes da ação devem ser identificados nas lojas e materiais de comunicação, reforçando que não são todos os produtos e há restrição de estoques. Nos sites, a identificação visual dos produtos participantes da Black Friday também deverá ser ostensiva, com a utilização do selo da promoção ou em ambiente separado (hot site e/ou na página principal do próprio site). A vantagem oferecida será claramente identificada no produto. As empresas do e-commerce ainda devem lembrar o consumidor que o fato de colocar o produto no carrinho não significa que ele esteja garantido, ou seja, a reserva somente será feita após a finalização do pedido e a aprovação pela operadora de cartão.

Os preços, descontos e condições de pagamento devem ser efetivos para os produtos participantes da Black Friday, e caso solicitado pelo Procon, as empresas deverão disponibilizar informações que comprovem que não houve manipulação dos preços.

Uma outra recomendação importante do IDV é que estão sendo enviados e-mails e mensagens falsas com chamadas de ofertas e descontos. Estes devem ser ignorados pelos consumidores, que também não devem abrir arquivos com anexos nem acessar os links. É prudente sempre confirmar as ofertas nos canais oficiais das empresas.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.