Três fatores que tornam o home office mais produtivo do que trabalhar no escritório

0 326

Cerveja, tênis de mesa e videogame: apesar de startups e outras empresas investirem em alguns confortos para os seus funcionários no escritório, o trabalho remoto de casa, o popular home office, é mais produtivo. Pelo menos é o que afirma Brian de Haaff, fundador e CEO da empresa de software Aha!. A startup se baseia completamente no trabalho remoto.

A discussão de prós e contras do home office ganhou fôlego extra. O surto de coronavírus fez muitas empresas optarem pelo trabalho remoto para evitar contaminações.

De Haaff cita três motivos que tornam o home office mais produtivo. Confira:

Concentração

O CEO cita um estudo do Harvard Business Review que afirma: o número de trabalhadores americanos com dificuldades de se concentrar no escritório cresceu 16%, desde 2008. Outro estudo afirma que 65% dos trabalhadores acham que seriam mais produtivos sem as distrações do local de trabalho.

Trabalho em equipe

O home office, a princípio, parece ser contra-indicado para a criação de um ambiente cooperativo de trabalho. Mas, segundo De Haaff, a distância ajuda a criar mais trabalho em equipe. Distantes uns dos outros, trabalhadores podem ser levados a se comunicar mais vezes e com mais clareza, criando laços mais fortes entre si.

Presença

Ao trabalhar em um escritório, o funcionário tem que organizar o resto de sua vida ao redor do expediente. Com o home office, tem liberdade para equilibrar as suas demandas pessoais com as de trabalho. Segundo De Haaff, isso cria um trabalhador muito mais presente e focado durante o expediente.

Fonte Época Negócios
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.