Os 5 livros preferidos de Bill Gates em 2019

0 332

Bill Gates é conhecido pelo seu trabalho como co-fundador da Microsoft, além de ser o homem mais rico do mundo, com uma fortuna de US$ 112 bilhões, de acordo com a Bloomberg.

Gates recomenda livros com certa frequência em seu blog, Gates Notes, e já afirmou que lê uma obra por semana, ou algo em torno de 50 obras por ano.

Na última terça-feira (10), aproveitando o período de férias de fim de ano, o empresário selecionou cinco títulos que leu neste ano e que acredita que todo mundo deveria conhecer. “Eu acho que são ótimas opções para você encerrar 2019 ou começar 2020”, escreveu Gates em seu blog.

Confira abaixo os livros recomendados pelo bilionário:

1) “Um casamento americano”, de Tayari Jones

Segundo Gates, o livro foi uma indicação de sua filha Jenn Gates, e oferece uma leitura bem profunda.

“Jones [a autora] consegue fazer o leitor sentir empatia com os protagonistas, mesmo com decisões tão difíceis a serem feitas”, segundo o empresário.

A trama apresenta um casal negro, que é casado e tem uma vida feliz, mas tudo muda quando o marido é sentenciado a 12 anos de prisão por um estupro que não cometeu.

A narrativa aborda, além da problemática questão racial americana, a dificuldade dos protagonistas enquanto casal de se manterem unidos em meio a tantos problemas.

O livro foi publicado no Brasil em abril deste ano pela Editora Arqueiro.

2) “These Truths: A History of the United States”, de Jill Lepore

“These Truths: A History of the United States” (“Essas verdades: a história dos Estados Unidos”, em tradução livre) é um livro da historiadora Jill Lepore, que aborda a formação dos Estados Unidos como nação através dos séculos.

Para Gates, esse livro é o “relato mais honesto e inflexível sobre a história americana” que ele já leu.

Além de trazer fatos marcantes, como a colonização e a expansão para o Oeste, a historiadora também aborda as contradições que marcaram algumas políticas do país, como a exaltação da liberdade enquanto o país era escravista.

O livro ainda não foi lançado no Brasil.

3) “Growth: From Microorganisms to Megacities”, de Vaclav Smil

“Growth: From Microorganisms to Megacities” (“Crescimento: de micro-organismos à megacidades”, em tradução livre) é um livro do cientista Vaclav Smil, que tem como pretensão analisar todo o desenvolvimento da vida no planeta Terra, desde os primeiros seres vivos até as sociedades atuais.

Em seu blog Gates afirma que estava esperando ansiosamente por esse livro de Smil – um de seus autores preferidos – e que a valeu a pena.

“Como sempre, eu não concordo com tudo o que Smil diz, mas ele continua sendo um dos melhores pensadores do mundo para documentar o passado e analisar o cenário geral”, disse o bilionário.

No livro, o cientista também aborda uma questão essencial para o futuro da nossa espécie humana: como vamos conciliar o crescimento com a preservação do planeta?

O livro também não possui tradução para português, e ainda não pode ser encontrado no Brasil.

4) “Prepared: What kids need for a fulfilled life”, de Diane Tavenner

“Prepared: What kids need for a fulfilled life” (“Preparado: o que as crianças precisam para ter uma vida realizada”, em tradução livre), escrito pela educadora americana Diane Tavenner, aborda de forma direta como os pais devem se concentrar sobre o que é melhor para seus filhos e não necessariamente o que eles acham que é ideal.

“Todos os pais sabem que preparar seus filhos para a vida após a escola é uma jornada longa e difícil, mas Tavenner [a autora] mostra como tornar o processo agradável e tranquilo”, afirma Gates.

Além de trazer dicas de como conversar com os filhos sobre carreira e futuro, o livro também argumenta que os pais também devem ensinar e explicar aos filhos mais sobre felicidade e caráter.

Este livro também não pode ser encontrado no Brasil , por enquanto.

5) “Why We Sleep: Unlocking the Power of Sleep and Dreams”, de Matthew Walker

“Why We Sleep: Unlocking the Power of Sleep and Dreams” (Por que dormimos: desbloqueando o poder do sono e dos sonhos, em tradução livre) é uma obra do neurocientista inglês Matthew Walker.

No livro, o autor compartilha os resultados de quatro anos de estudo sobre quais são os efeitos do sono no corpo humano, além de analisar como a privação do mesmo pode afetar a criatividade, causar problemas no aprendizado e na memória no longo prazo.

De acordo com Gates, após ler a obra de Walker ele mudou drasticamente a forma com que tratava o seu período de sono.

“Walker me convenceu a mudar meus hábitos noturnos. Se sua resolução do ano novo é ser mais saudável em 2020, a dica de Walker é um bom lugar para começar”, afirmou o empresário.

A obra ainda não foi lançada no Brasil.

Fonte InfoMoney
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.