GPA realiza programa de estágio exclusivo para pessoas negras

0 367

O Grupo Pão de Açúcar, um dos maiores grupos de varejo alimentar da América do Sul e líder do e-commerce alimentar no Brasil, amplia o investimento em iniciativas inclusivas e direcionadas à equidade racial, e lança o Programa de Estágio 2022 exclusivo para pessoas negras.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 19 de novembro, pelo site da empresa. Para participar, o candidato(a) precisa ser negro(a) e ter previsão de formatura entre dezembro de 2022 e dezembro de 2023 em qualquer curso de formação superior. Neste ano, a empresa está oferecendo 26 vagas para atuação na sede do GPA em São Paulo, sendo uma delas para o CD de Osasco.

No GPA, a equidade racial é um dos temas prioritários em Diversidade, e a empresa visa contribuir com a inclusão e o desenvolvimento dos profissionais negros e negras em ações afirmativas. Atualmente 52% dos colaboradores se declaram negros e ocupam 37,5% dos cargos de liderança da companhia. O percentual de estagiários negros ativos no momento é 40%.

Para contribuir com a ampliação desses índices, o GPA lançou em 2021, o “Programa de Desenvolvimento para Negros e Negras”, em parceria com a Universidade Zumbi dos Palmares, destinado a todos os profissionais das lojas e sedes administrativas, exceto gerentes e superiores que já contam com programa próprio de liderança. Entre os assuntos principais, estão temas relacionados ao racismo e sociedade, autoestima e marca pessoal, educação financeira, comunicação empresarial, liderança e outros temas relacionados.

A empresa conta ainda com o grupo de afinidade, o GPA Madiba, criado em 2018, que lidera e fomenta iniciativas sobre conscientização e sensibilização em relação à equidade racial na companhia.

 

“Essas iniciativas são exemplos das diversas ações afirmativas que estamos realizando para tornar o ambiente entre todos os colaboradores mais igualitário. Elas estão em linha com a Política de Diversidade, Inclusão e Direitos Humanos do GPA, que estabelece as diretrizes para tonar o ambiente interno mais acolhedor, livre de discriminação e com mais equidade. Acreditamos que uma empresa diversa colhe bons frutos tanto no que diz respeito aos resultados do negócio, quanto no desenvolvimento das pessoas que fazem parte dele”, explica Mirella Gomiero, Diretora Executiva de Recursos Humanos, Tecnologia e Sustentabilidade do GPA.

A empresa integra a Coalização Empresarial pela Equidade Racial e de Gênero, Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial, Movimento Ar e também, o Movimento pela Equidade Racial (MOVER), promovendo a conscientização sobre o tema e o combate ao racismo.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.