Empresa oferece licença remunerada a funcionários que adotam animais

0 1.182

Enquanto muitos países discutem licença paternidade e a extensão da licença maternidade, uma empresa nórdica chamou atenção por oferecer além e incluir também pets nesta discussão. A Musti Group, rede de alimentação para pets com operação na Noruega, Suécia e Finlândia, está oferecendo licença de três dias aos funcionários que adotarem um animal de estimação. A política começou a vigorar no dia 1º de junho deste ano. Segundo a empresa, 90% dos seus 1,5 mil funcionários possuem um pet. “Adotar um animal é uma decisão significativa, que muda a vida das pessoas. Nós queremos apoiar nossos funcionários nos primeiros dias que eles passam com seu novo membro da família e garantir que eles possam aproveitar esses momentos preciosos”, diz David Rönnberg, CEO da empresa, em comunicado.

Rönnberg afirma que, dependendo do pet adotado, os primeiros dias na casa nova pode ser “intensos”. “Noites sem dormir são comum nessa relação, assim como são com os bebês humanos. E, assim como os filhos, os novos pets exigem atenção constante e amor incondicional”, diz Rönnberg. Para o executivo, passar tempo com eles é essencial para “construir confiança” e “prevenir distúrbios comportamentais no futuro.

O diretor de marketing da empresa, Henri Mäkinen, afirmou que a iniciativa é saudável não apenas para os pets e seus donos, como também para a empresa como um todo. “Ajuda os funcionários a equilibrarem a vida pessoal e profissional.” A empresa afirmou que está estimulando outras empresas a adotarem a licença parental para pets.

Fonte Época Negócios
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.