Conheça a habilidade crucial que Elon Musk e Jeff Bezos tentam dominar

0 1.133

É possível afirmar que os dois homens mais ricos do mundo, Elon Musk e Jeff Bezos, construíram suas carreiras e fortunas com um mesmo pensamento que os difere da maioria das pessoas.

Rivais em algum nível – o dono da Tesla já acusou o fundador da Amazon de quer “destruir” seus planos de criar uma rede de internet global – os dois possuem o mesmo ímpeto e obsessão em querer fazer seus produtos melhores.

Justin Barisos, especialista em inteligência emocional, analisou as histórias dos bilionários e observou que os dois procuram dominar uma valiosa habilidade: a capacidade de pensar de forma crítica.

O pensamento crítico é um processo de análise cuidadoso e profundo sobre um assunto ou ideia. Inclui ser capaz de observar e pesar os fatos, raciocinar cuidadosamente e fazer conexões perspicazes, mesmo que sejam contrárias ao que você acredita.

Barisos observou que a prática de um pensamento crítico condiz com o que Musk e Bezos expressaram durante sua trajetória.

“Estou sempre procurando o que há de errado”, revelou Musk em uma entrevista. “Para produzir Teslas melhores […] tenho que pensar muito criticamente. Então, quando vejo o carro, vejo todas as coisas que penso que precisam ser consertadas para torná-lo melhor.”

Bezos expressou um pensamento semelhante ao de Musk, em uma conversa com Jason Fried, CEO da Basecamp.

“Ele [Bezos] observou que as pessoas mais inteligentes estão constantemente revisando seu entendimento, reconsiderando um problema que pensavam já ter resolvido”, diz Fried. “Elas estão abertas a novos pontos de vista, novas informações, novas ideias, contradições e desafios à sua própria maneira de pensar”, disse Bezos para Fried.

Então o que há de tão especial no pensando crítico para melhorar o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas? Com base na fala dos bilionários, está na capacidade de aprender com as ideias e pensamentos profundos, mesmo que sejam contrários aos seus.

Aprender a aprimorar essa habilidade com eficácia pode resultar em um pensamento profundo que levará você e seu trabalho ao próximo nível.

Qual a forma de treinar e melhorar sua habilidade de pensar crítica?

O site Inc. listou cinco dicas para ajudar nesse desenvolvimento seguindo os passos dos dois bilionários:

Não tenha pressa

Em tecnologia, muitas empresas aderem à filosofia “mova-se rápido e quebre as coisas”. Mas isso é o oposto do pensamento crítico.

O pensamento crítico requer paciência, com um certo grau de inteligência emocional – a capacidade de compreender suas emoções e mantê-las em equilíbrio.

O objetivo é não deixar que emoções temporárias o seduzam a tomar decisões permanentes – decisões das quais poderá se arrepender no futuro.

Preste atenção ao feedback negativo

O feedback negativo é como um diamante bruto. Pode não ser atraente no primeiro momento, mas seu valor se torna gigante após o corte e o polimento.

Da mesma forma, quando alguém critica seu trabalho, não tente se defender ou a fechar sua mente no primeiro momento.

Em vez disso, espere um ou dois dias. Permita que suas emoções se acalmem e pergunte-se:

  • O que posso aprender com essa crítica?
  • Existe alguma verdade que eu possa extrair disso?
  • Se não, o que posso aprender com a perspectiva da outra pessoa?
  • Visto desta forma, você transforma a crítica em um presente inestimável.
Agende um tempo para pensar

O pensamento crítico é um trabalho árduo. Portanto, quando chegar a hora de analisar os fatos, reserve um tempo em sua agenda para se envolver em pensamentos profundos.

Use algumas das seguintes perguntas para ajudá-lo a analisar:

  • Quais são as suposições?
  • Quais são os fatos?
  • Quais são os prós? Quais são os contras?
  • Quais são os problemas subjacentes?
  • Qual é o principal problema?
  • Quais são as soluções potenciais para esse problema?
  • Qual é a melhor solução?
  • Há momentos em que é apropriado colaborar, mas geralmente é melhor passar um tempo sozinho, em um ambiente silencioso, sem distrações. Nesse local, você pode se concentrar em um pensamento puro, ininterrupto e concentrado.
Pense a longo prazo

Uma armadilha que impede o pensamento crítico é focar apenas no curto prazo.

Em vez disso, dê um passo para trás e pense no futuro. Quais serão as consequências de sua decisão? Qual será o efeito em um mês? Um ano? Cinco anos?

Esse tipo de pensamento pode ajudar a ver o todo e a tomar decisões mais adequadas.

Deixe as coisas ferverem

Ao analisar uma situação complexa ou ao tentar tomar uma decisão difícil, muitas vezes você se beneficiará se afastando e deixando todos os fatos se estabelecerem em sua mente.

Claro, você não quer evitar a situação. Estabeleça um limite de tempo para refletir sobre as coisas. A quantidade de tempo irá variar dependendo da gravidade da situação; você pode precisar de uma semana, ou mesmo apenas um ou dois dias.

Mas, independentemente de quanto tempo você precise, lembre-se também: nunca tome uma decisão a noite.

De modo geral, quanto mais tarde fica, mais emocional você se torna e menos racional. Então, se já é tarde, vá para a cama e volte aos seus pensamentos pela manhã.

Você ficaria surpreso com a clareza que pode alcançar depois de um boa noite de sono.

Independentemente se você é um empreendedor, administra uma pequena ou grande empresa, pensar criticamente poderá trazer grandes benefícios.

 

 

 

 

Fonte Exame.com
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.