“As pessoas não querem um chefe amigo. Querem um líder que as ajude a alcançar metas”

0 6.823

“As pessoas não querem que seu chefe seja seu melhor amigo. Elas querem um líder que apoie seu sucesso e as ajude a conquistar suas metas”. Foi o que afirmou Brian Scudamore, fundador e CEO da O2E Brands, em um artigo publicado na Inc. De acordo com o executivo, é melhor ser um chefe que todos respeitam do que um amigo de toda a equipe.

Scudamore chegou a essa conclusão depois de tentar “ser um chefe legal e criar um ambiente divertido para o trabalho” no começo do seu negócio. “Meus esforços saíram pela culatra: toda vez algo dava errado. Era quase impossível dizer aos meus ‘amigos’ que eles estavam falhando”, diz o executivo. “Percebi que não os conduzi ao sucesso. Agindo primeiramente como amigo, falhei em ser o bom líder que eles precisavam”.

O CEO percebeu as pessoas realmente precisam de um chefe honesto e respeitoso, que trate todos de maneira igual e que dê feedbacks úteis. Pensando nisso, o executivo dá quatro dicas para que você se torne um líder efetivo:

1. Estabeleça limites

Scudamore explica que como passamos a maior parte de nosso dia no escritório, é natural que criemos um relacionamento com colegas de trabalho. Mas é preciso definir limites desde o primeiro dia. Em sua empresa, por exemplo, o executivo conta que as pessoas encontram um ambiente casual com líderes acessíveis. Mas avaliações regulares são feitas para entender o que está e o que não está funcionando. “Interações com os subordinados diretos devem ser sempre tratadas com profissionalismo e integridade”, sugere o CEO.

2. Evite o favoritismo

De acordo com o executivo, é muito importante evitar criar “favoritismo” em sua equipe. Caso os membros do seu time sintam que alguém está tendo um tratamento especial, isso prejudicará toda sua autoridade. “Seu trabalho é ser um líder objetivo que mantém todos remando juntos. Quando você trata todos igualmente, você se estabelece como uma fonte de amparo para qualquer conflito que surja”.

3. Ajude seus funcionários a definir e alcançar suas metas

Segundo Scudamore, gerentes que ajudam seus funcionários a definir e alcançar suas metas têm times mais engajados, produtivos e criativos. Na O2E Brands, são realizadas reuniões semanais para definição e revisão de metas. “Isso assegura que os gerentes estão de olho no que está acontecendo e que os times estão recebendo o suporte de que precisam”.

4. Conquiste o respeito de sua equipe

Para o CEO, é melhor ser um chefe respeitoso (e respeitado) do que ser o camarada de todo mundo. “Há um equívoco de que sua equipe vai te odiar se você não pegar leve com eles. Na verdade, ser um frouxo prejudica a lealdade do funcionário e sua produtividade”, diz Scudamore. “Um bom líder sabe quando é hora de relaxar e quando é hora de trabalhar duro. Se você encontrar esse equilíbrio, sua equipe irá te agradecer a longo prazo”.

Fonte Época Negócios
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.