7 empresários de sucesso revelam os livros que marcaram suas carreiras

0 788

Histórias inspiradoras de empreendedores que fracassaram antes de ter sucesso, reflexões sobre a importância da empatia na tomada de decisão, orientações para simplificar a comunicação e ser objetivo. Conheça esses e outros ensinamentos aprendidos por sete empresários brasileiros em leituras marcantes.

► Max Oliveira, CEO da MaxMilhas

Inconformado com os altos preços de passagens aéreas, o mineiro Max Oliveira fundou, em 2013, a MaxMilhas, startup que conecta consumidores em busca de passagens aéreas a pessoas que querem vender suas milhas e faturar uma grana extra. Até hoje, a empresa já negociou 40 bilhões de reais em milhas e emitiu 4 milhões de passagens.

LIVRO “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, de Dale Carnegie

“Este livro não revela como fazer amigos, muito menos é indicado a pessoas que têm dificuldade de relacionamento” afirma Max sobre a obra, publicada em 1936. “Um dos principais pontos que ele aborda é a importância da inteligência emocional para ter sucesso na vida.”

O fundador da MaxMilhas afirma que apenas as qualidades técnicas não são suficientes para trilhar um caminho profissional de sucesso. “Isso envolve o desenvolvimento de resiliência, capacidade de ouvir, empatia, comunicação e habilidade de resolver problemas e conflitos”, diz.

Para ele, as soft skills são fundamentais, “principalmente em negócios que crescem rápido e têm como base a inovação, porque reforçam a capacidade de adaptação e a flexibilidade das pessoas em um ambiente que está em constante mudança”.

► Thadeu Diz, cofundador e diretor criativo da Zee.Dog

A Zee.Dog foi criada em Los Angeles, em 2009, pelos irmãos brasileiros Thadeu e Felipe Diz a partir da vontade deles de encontrar acessórios mais modernos e com estilo para seus cachorros recém-adotados, Zeca e Lico.

Alguns anos depois, os empreendedores desenvolveram também um aplicativo para delivery de produtos para pets, o Zee.Now.

LIVRO “A Loja de Tudo”, de Brad Stone

O livro conta a história da ascensão da Amazon, fundada por Jeff Bezos. “A Amazon começou como uma loja on-line de livros num momento em que as pessoas duvidavam se eles dariam certo. O foco e a determinação do Jeff Bezos em inovar sempre me inspiraram tremendamente”, afirma Thadeu.

Para ele, uma das frases mais marcantes do livro é a que diz que você deve estar disposto a ser mal interpretado se quiser inovar. “Inove, não importa quem duvide da sua visão”, fala Thadeu.

► Paulo Veras, fundador da 99

A carreira empreendedora de Paulo veio muito antes da 99. Ainda nos anos 90, no início da internet, ele fundou uma empresa de webdesign, que, em pouco tempo, atraiu investidores e recebeu um aporte do banco americano JPMorgan Chase. Apesar de promissora, a empresa operava no negativo.

Depois desse início pouco estável, Paulo investiu em outros negócios, e, em 2010, fundou o Imperdível, um site de compras coletivas, que depois de seis meses já faturava milhões. Mas o negócio também não se sustentou.

Em 2012, Paulo fundou, com Renato Freitas e Ariel Lambrecht, a 99 taxis, que, em 2018, alcançou o título de unicórnio brasileiro ao ser avaliada em mais de um bilhão de dólares, juntando-se nesse patamar ao Nubank e ao PagSeguro.

LIVRO “Paixão por Vencer”, de Jack Welch

Paulo afirma que este foi o livro que mais o ajudou no começo, como CEO e líder. “Não por cobrir especificamente startups, mas todo o entorno de gestão de pessoas, disciplina para tocar o negócio, de uma forma bem abrangente e com dicas aplicáveis ao dia-a-dia. Apesar de não ter sido pensado para o mundo digital e para a criação do produto, ajuda muito em questões de gestão e liderança”, afirma Paulo.

► João Pedro Resende, CEO e Cofundador da Hotmart

Nascida há oito anos em Belo Horizonte, a Hotmart é uma plataforma que oferece todo o ecossistema necessário para a venda, divulgação e compra de produtos digitais, como cursos on-line, ebooks, audiobooks, podcasts, entre outros. A empresa acaba de inaugurar seu quarto escritório internacional.

Com 600 funcionários, a empresa já possui mais de 7 milhões de usuários e realiza vendas em 200 países. Já gerou renda para mais de 90 mil pessoas, que vendem seus conteúdos por meio da plataforma da empresa.

O negócio já se estabeleceu em cidades como Madri, Amsterdã, Bogotá e, recentemente, na Cidade do México.

LIVRO “Adams Óbvio”, de Robert Updegraff

“O livro traz boas lições sobre como simplificar nossa comunicação, nos tornar mais analíticos e focar exclusivamente nos fatos”, afirma João.

Apensar de ser uma obra publicada há mais de 100 anos, ele traz lições atemporais para qualquer empreendedor.

“É uma leitura rápida e fácil, e foi uma das minhas principais influências até hoje. Na Hotmart, dezenas de pessoas já leram, e há líderes que presenteiam sua equipe com o livro logo no onboarding do time”, conta João.

► Patrick Negri, CEO da Iugu

A Iugu é uma startup de tecnologia, fundada em 2012, especializada em meios digitais de pagamento. Com o crescimento de 200% ao ano, a empresa ajuda na estruturação de um modelo de operação ainda novo no ramo de fintech (tecnologia financeira), conhecido como Finance as a Service.

LIVRO “Receita Previsível”, de Aaron Ross e Marylou Tyler

Segundo o empresário, este livro é útil para quem quer evitar perdas de tempo e dinheiro. “De forma objetiva e com muitos cases reais, a obra foi um guia quando a Iugu começou a sair do papel, pois influenciou na direção de negócio que temos hoje e que, consequentemente, reflete em nossos clientes”, explica Patrick.

“Acreditamos no potencial da metodologia que os autores apresentam, pois revela como obter sucesso na receita de uma empresa, sem perder tempo e dinheiro.”

► Eduardo L’Hotellier, fundador e CEO do GetNinjas

Fundada em 2011, a GetNinjas é uma plataforma para contratação de serviços locais pela Internet.

Desde a sua fundação, a empresa já recebeu diversos aportes financeiros, sendo o primeiro de 1 milhão de reais, em 2011. O segundo investimento veio em 2013, no valor de 6 milhões de reais, realizado pela Otto Capital, Monashees Capital (investidora do Peixe Urbano, Elo7, entre outros) e Kaszek Ventures.

Em 2015, a plataforma recebeu 40 milhões de reais do fundo americano Tiger Global, que liderou o aporte com participação da Monashees Capital e da Kaszek Ventures.

Atualmente, existem na plataforma 500 mil profissionais cadastrados para funções que vão de chaveiro a designer gráfico. Em 2018, os serviços contratados pela plataforma movimentaram 300 milhões de reais.

LIVRO “O Lado Difícil das Situações Difíceis”, de Ben Horowitz

“Ben Horowitz é um dos empreendedores seriais mais reconhecidos do Vale do Silício: um dos primeiros funcionários do Netscape (os millennials talvez não se lembrem, mas era o grande navegador nos anos 2000) e investiu em companhias como Twitter, Facebook e Airbnb”, afirma Eduardo.

Ao contrário dos populares livros de autoajuda gerenciais, o livro de Ben conta histórias e ensinamentos de quem teve muito sucesso e também muitas derrotas na jornada empreendedora.

“É um banho de água fria em quem pensa que o caminho será fácil, mas também é uma luz no fim do túnel para quem acha que está tudo perdido”, diz.

► Eduardo Baer, cofundador e CEO da DogHero

A DogHero é uma plataforma criada em 2014 para oferecer serviços de hospedagem e passeios para cães, que funciona de forma similar ao Airbnb e Uber, de economia compartilhada.

Em março de 2019, a startup anunciou um aporte de 27 milhões de reais do negócio que a inspirou, a americana Rover. Ao todo, já captou 310 milhões de dólares em aportes, ou 1,18 bilhão de reais.

Atualmente, a empresa tem mais de 18 mil anfitriões e passeadores cadastrados e 850 mil cachorros no banco de dados, em 750 cidades da Argentina, do Brasil e do México.

LIVRO “Justiça”, de Michael Sandel

“Recentemente, tive a oportunidade de ler “Justiça”, que me trouxe para um lugar de reflexões importantes e profundas sobre as diferentes interpretações possíveis do que é ser justo ou ético. Acredito que, dentro de qualquer ambiente, o papel de tomador de decisão é ou deveria ser levado com bastante responsabilidade, visto que delas surgem muitos desdobramentos”, afirma Eduardo. “O livro nos ajuda a praticar a tolerância e a empatia.”

Fonte Exame.com
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.