Totvs – 728 x 90

10 dicas para manter a paciência no trabalho

0 1.678

Quantas vezes você já não se viu a um passo de perder a paciência no trabalho? Pare e respire fundo! Para o professor de MBA da FGV, Luciano Salamacha, a paciência é fundamental para o mercado corporativo. Representa a tolerância com os erros dos outros e com os próprios erros, o autocontrole, a resiliência, a concentração, o foco, a educação e, principalmente, a humildade que é fundamental na vida e no trabalho.

Nem sempre é fácil ser paciente e manter o autocontrole, mas o professor e gestor de carreiras dá 10 conselhos para manter a paciência:

1. Quem pensa sempre em realizar as próprias vontades, não forma equipes porque é um egoísta. Coloque-se sempre no lugar do outro.

2. Entenda e aceite que as pessoas têm conhecimentos e limitações diferentes do seu. Tenha humildade.

3. Compreenda que o trabalho depende de uma equipe e que um time bom tem talentos diferentes. Aceite a diversidade.

4. Coloque a educação em primeiro lugar. Ela pode frear a falta de paciência. Não devolva a grosseria do outro com a mesma atitude.

5.Para pessoas extremantes inquietas, o ideal é buscar a prática de filosofias como yoga, akido, shiatsu ou meditação. Mire-se no exemplo dos orientais que são os pais da paciência.

6. Realize trabalhos manuais que dependem de concentração e calma. É um ótimo exercício para a cultivar paciência.

7. Dê limite a sua paciência. No caso do mercado corporativo isso pode se chamar de prazo. Mas lembre que a régua que você utiliza para medir seu comportamento não pode ser curta.

8. Crie um gatilho mental quando perceber que está perdendo a mão em alguma situação. Recobre a paciência imediatamente usando qualquer um dos conselhos.

9. Se perceber que a paciência foi embora. Respire fundo, saia do local, tome um chá ou uma água. Areje seu cérebro e sua alma. Alguns minutos podem ajudar a recobrá-la.

10. Lembre-se sempre dos bons resultados que a sua paciência trouxe em outras ocasiões. Pense nas consequências se perdê-la e, se premie mentalmente quando conseguir controlá-la.

Fonte Gazeta do Povo
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.