Presidente da ABAD comenta sobre a alta da taxa Selic

0 29

Posicionamento da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores em relação à elevação da Selic

Por meses a fio, o Banco Central vem elevando a taxa básica de juros, que já havia alcançado o mesmo nível do início da gestão da presidente Dilma. Agora, esse nível foi ultrapassado e os impasses que justificam tecnicamente novos aumentos em futuro próximo continuam presentes.”Mais uma vez, nos defrontamos com os resultados desastrosos de uma política econômica mal planejada e focada apenas em resultados de curto prazo”, afirma José do Egito Frota Lopes Filho, presidente da ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados.

O presidente da associação comenta que um desses impasses é o consumo, sendo ainda é o principal motor de nossa economia. Se por um lado ele precisa ser controlado por meio de juros para não gerar ainda mais pressões, por outro, não pode ser excessivamente contido para não prejudicar ainda mais o crescimento. “Já as empresas são cada vez mais penalizadas, já que os tributos continuam elevados, apesar de desonerações pontuais, e o investimento em atividades produtivas vem voltando a ser pouco atrativo diante dos juros do mercado financeiro”, ressalta José do Egito.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.