Força e vontade de crescer

0 573

Genuinamente familiar, o Pretti Distribuidor nasceu em 1985 na cidade de Colatina, região norte do Espírito Santo. A empresa iniciou suas atividades abastecendo o comércio local. Porém, ao longo do tempo, foi crescendo e passou a atender a todo o estado capixaba, chegando, agora, também o sul da Bahia. 

“Hoje contamos com um centro de distribuição robusto com quase 4 mil itens e uma estrutura logística ágil e qualificada, que nos permite atender com maestria a uma carteira crescente de quase 3 mil clientes ativos, que vão desde grandes redes supermercadistas até o amplo setor de supermercados de vizinhança de todos os portes, além do canal farma. Temos um time de vendas de mais de 100 agentes diretos e indiretos, incluindo a pré e a pós-venda que para nós é tão importante quanto a venda em si”, contextualiza Geldson Ribeiro, diretor comercial do Pretti.

Como era de se esperar, a pandemia da COVID-19 revelou muitos desafios à distribuidora, sobretudo com a oscilação de preços e, em alguns momentos, o receio de uma eventual escassez. Mas também abriu portas para a empresa enxergar seu mix de produtos de forma especial, buscando o máximo possível de alternativas para os clientes varejistas. Nesse sentido, um dos fatores que mais colaboraram para o Pretti se manter 100% ao longo do período foi sua estrutura de estoque e capacidade logística de entrega fracionada, um serviço que passou a crescer desde então, e que foi determinante no auge da crise para muitos comerciantes, que poderiam arriscar com estoques muito altos, comprando da distribuidora a quantidade que de itens que precisam, atingindo apenas o tíquete mínimo total do pedido, que é muito baixo.

VENDA FRACIONADA PRETTI

Sempre colocando a vida em primeiríssimo lugar –, seja de seus colaboradores, seja dos clientes e fornecedores –, além de tomar todos os cuidados de saúde, o Pretti Distribuidor. Por isso, aprendeu na prática que estar perto desses seus públicos tem outro significado atualmente. “Conseguimos manter a equipe externa de vendas realizando o atendimento presencial, com a devida proteção que o momento pede, mas também com muita sinergia, que é característica do nosso time. Mesmo com uma parte de nosso time de apoio atuando à distância, vimos que é possível estar perto, mesmo estando fisicamente longe”, destaca Geldson. “E outro aprendizado que tiramos disso é que em momentos difíceis, união e a empatia se tornam ainda mais preponderantes. E essa relação está nos ajudando a superá-los, oferecendo formas alternativas de girar a cadeia de suprimentos”, completa.

Diante desse cenário, ainda segundo o executivo, uma das ações mais importantes que o Pretti Distribuidor também foi buscar a diversificação de seu mix de produtos, visando a oferecer itens com diferentes patamares de preços, a fim de atender às diferentes expectativas de seus clientes. E tal estratégia transformou o sistema de Venda Fracionada Pretti em uma ferramenta primordial. Isso porque abriu a seus parceiros comerciais a possibilidade de comprar várias marcas diferentes de um produto sem ter que adquirir caixas fechadas de cada um deles. Complementarmente, a inovação na forma de venda por parte dos lojistas também foi algo que chamou a atenção da distribuidora, em função do incremento da dinâmica de uso dos canais digitais, tais como o WhatsApp e até mesmo plataformas de e-commerce.

FORTALECIMENTO PARA A RETOMADA

A partir da conjunção dessas ações, somada à evolução da vacinação contra a COVID-19, o Pretti Distribuidor já vê sinais eloquentes de recuperação. “Entretanto, não dá para dissociar nossa curva de crescimento do forte trabalho de positivação e das parcerias com fornecedores, algo que já existia desde o início de nossas operações, mas que, em tempos de pandemia, continuou e se expandiu. Nesse sentido, é com satisfação que estamos observando sinais de melhora na expectativa, principalmente por parte de fornecedores. Vimos a indústria se movimentando bastante no último trimestre, com a realização de investimentos em lançamento de novos produtos, fusões e aquisições”, sublinha Gelson.

Nesse sentido, o Pretti aposta em uma estabilização até o final de 2021, e na retomada gradual dos negócios nos pontos nos quais não houve evolução positiva. “Os segmentos de supermercados de vizinhança, do foodservice e do canal farma com lojas independentes têm enorme potencial de crescimento nos próximos meses, sobretudo aqueles que aproveitaram o desafio da pandemia para inovar nos seus canais de vendas, e se dedicaram a entender e conhecer melhor as necessidades especificas dos consumidores das comunidades nas quais suas lojas estão situadas”, destaca o diretor comercial da empresa. “É no conhecimento do consumidor local e na personalização do mix que a loja do bairro tem sua principal vantagem competitiva frente às grandes redes. E é nesse sentido que a Pretti trabalha: no fortalecimento de parceria sólidas, na oferta de um mix o mais completo possível e na operacionalização de formas de giro dos produtos cada vez mais acessíveis às lojas”, completa.

DIGITALIZAÇÃO E EXPANSÃO DE NEGÓCIOS

Sensível aos impactos da pandemia e ao cenário inequívoco de mudanças que estes vêm turbinando, o Pretti Distribuidor também vem envidando esforços constantes e significativos para se adaptar a essas novas realidades, principalmente no que diz respeito ao aparelhamento das ferramentas de digitalização e aos movimentos do trade marketing.

“Estamos vendo tudo isso com bons olhos, e estamos atentos a todas as mudanças que vêm ocorrendo, sobretudo no que tange à digitalização do processo de vendas. Tanto é que, nos últimos meses, estamos investindo muito em tecnologia para o aperfeiçoamento de nossos sistemas internos, com o objetivo de conferir maior agilidade e precisão às tomadas de decisões relacionadas à força de vendas e de outros setores relacionados. Mas estamos fazendo isso com um cuidado muito grande no sentido de preservar o DNA do Pretti, afinando o uso desses instrumentos à nossa forma de fazer negócios, que já ultrapassa três décadas de franco crescimento”, pondera Geldson.

E mostras desse cuidado não faltam. Por exemplo, a empresa vem atualmente trabalhando para deixar cada vem mais fluido o processo de atendimento às demandas do mercado de varejo de vizinhança por meio do uso de soluções digitais, porém, buscando acima de tudo formas que sejam reais facilitadoras ou complementares ao processo de vendas, e não um limitador burocrático que se vê hoje em muitas plataformas de venda online. “Queremos, sim, ser cada vez mais digitais, mas sem perder o calor humano que aquece as vendas e constrói relações duradouras com nossos clientes”, destaca.

E o intenso trabalho de positivação do Pretti Distribuidor não para. Segundo Geldson, o que a empresa quer é ter a certeza de que cada ponto de venda das regiões em que atua possa ter a oportunidade de ser abastecido por ela. “Hoje, temos um trabalho forte na capilaridade de nossa carteira em todas as cidades capixabas, além do trabalho que, organicamente, já vem ganhando corpo no sul da Bahia. Assim, nosso plano agora é nos tornarmos cada vez mais fortes nessa região do estado baiano, bem como aprimorar ainda mais nossa presença no Espírito Santo. E todo nosso investimento em estrutura será norteado por esses objetivos”, finaliza o executivo, com muita convicção.  

 

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.