Totvs – 728 x 90

Assaí Atacadista inaugura nova loja em Jacarepaguá

0 1.019

O Assaí Atacadista está prestes a inaugurar uma nova unidade no Rio de Janeiro, em Jacarepaguá. A loja traz em seu projeto uma iniciativa sustentável: a instalação de uma usina solar na cobertura. São mais de 3 mil painéis fotovoltaicos em uma área de aproximadamente 6 mil m², que têm uma potência instalada de 995 kWp – com essas dimensões, a planta fotovoltaica é considerada a maior do Estado do Rio de Janeiro. Em apenas um ano, a usina vai gerar energia limpa equivalente ao consumo de 707 residências médias e deixarão de emitir cerca de 111 toneladas de resíduos e CO2 na atmosfera. Para a loja, a economia na fatura de energia elétrica será de aproximadamente 50%.

O projeto foi desenvolvido em parceria com a GreenYellow, que aluga a planta fotovoltaica em longo prazo ao Assaí. “Com este empreendimento, o Assaí se beneficiará de uma energia limpa e segura durante 25 anos, usufruindo de um desconto mensal real na conta de energia por meio de um aluguel fixo. Importamos os equipamentos da China, Itália e Alemanha e em menos de 60 dias conseguimos instalar a maior planta fotovoltaica do estado do Rio de Janeiro”, explica Pierre-Yves Mourgue, Diretor-presidente da GreenYellow. Para o gerenciamento da usina, a GreenYellow conta com um time de especialistas que a constroem e monitoram seu desempenho. Para instalar esse tipo de estrutura, são levados em consideração fatores como tarifas das concessionárias de energia elétrica locais e irradiação solar – neste caso, os dados são analisados em um período histórico de aproximadamente 20 anos, para que seja identificado um padrão da intensidade de raios solares que justifique a instalação de uma planta nesses moldes.

“Esta é a 6ª loja em que instalamos esse tipo de tecnologia. Estamos orgulhosos por liderar a aplicação desse tipo de solução no Brasil e, principalmente, por trazê-la ao Rio de Janeiro, inserindo a cidade como referência na discussão e uso de energia com redução de impactos ambientais. A partir dessa instalação, o Assaí avança na geração fotovoltaica em grande escala, com o objetivo de contribuir para uma operação cada vez mais sustentável”, destaca Belmiro Gomes, Presidente do Assaí Atacadista. No Brasil, outras cinco lojas do Assaí já contam com painéis fotovoltaicos nos Estados de Goiás, Pará, Paraná e Mato Grosso. O Assaí já economizou mais de 2 GWh desde o início da parceria com a GreenYellow, em 2016. Essa energia permitiria abastecer toda a região da Barra da Tijuca por uma semana.

Além disso, em parceria com distribuidoras de energia elétrica, a rede implantou estações de reciclagem em algumas de suas lojas, que resultam em descontos na conta de luz dos clientes. Ainda como parte das ações sustentáveis, o público pode encontrar em todas as lojas do país, coletores para descarte correto de pilhas e baterias, que posteriormente são encaminhadas à destinação ambientalmente adequada.

A nova loja

Localizada na Avenida Ayrton Senna nº 6.000, a unidade terá mais de 6 mil m² de salão de vendas, estacionamento totalizando mais de 600 vagas, 32 check-outs e mais de 7 mil produtos entre itens de mercearia, alimentos, perecíveis, embalagens, bazar, higiene, bebidas e limpeza. “O segmento de atacado de autosserviço e muito democrático e todas as classes econômicas buscam vantagens e benefícios na hora das compras. Nós acreditamos que um dos atrativos das lojas do Assaí é a política de dois preços.    

A partir de pequenas quantidades já é possível comprar produtos com valores competitivos, em média 15% mais baratos em relação mercado de varejo tradicional”, destaca Belmiro Gomes, Presidente do Assaí Atacadista. Além disso, o Assaí também disponibiliza o seu cartão de crédito próprio, o Passaí, que pode ser adquirido diretamente nas lojas mediante avaliação de crédito. Com o cartão, os clientes têm a vantagem de pagar o preço de atacado comprando apenas uma unidade de determinado produto, ou seja, não é preciso adquirir uma quantidade mínima definida para aproveitar a economia proporcionada nas compras em atacado. Esse benefício é inédito no segmento de atacado de autosserviço do Brasil.

Mercado promissor

O momento econômico desafiador que o país vem passando nos últimos anos, colaborou para que as pessoas buscassem formas alternativas de economizar. De acordo com dados da empresa de pesquisas Nielsen, aproximadamente 10 milhões de famílias migraram dos supermercados e hipermercados para os “atacarejos”, atraídos principalmente pelo preço e pela economia proporcionada no valor final da compra.
Com isso e também pela assertividade do negócio, o setor de “atacarejo” cresce a cada ano no Brasil. Somente em 2017, houve registro de aumento de 11%, com a venda de produtos para pessoas físicas, de acordo com dados do Euromonitor. Além disso, também considerando este cenário de adequação, o segmento movimentou R$ 48,4 bilhões em vendas somente para o consumidor final.

“Apesar da principal base dos nossos clientes ser composta por pequenos e médios estabelecimentos comerciais e transformadores, o Assaí vem investindo na adaptação de suas lojas para tornar mais confortável a experiência de compra também para os consumidores finais, incluindo instalação de ar condicionado, iluminação natural e por LED, estacionamento coberto e, mais recentemente, a oferta de pagamento por meio de um cartão próprio da rede. No nosso caso, quando falamos em fluxo de clientes, aproximadamente 70% dele é composto por consumidores finais; já quando pensamos em receita, essa proporção é de 50% para clientes pessoa física e para pessoa jurídica, já que este último costuma ter um valor de ticket mais alto”, comenta Gomes.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.