E-commerce brasileiro cresceu 75% em 2020

0 893

As vendas do e-commerce brasileiro durante o ano de 2020 — de janeiro a dezembro — cresceram 75% em comparação com o mesmo período de 2019, segundo o Mastercard SpendingPulse. O índice mede os gastos dos consumidores em todos os tipos de pagamento, incluindo dinheiro e cheque.

Impulsionado pelo distanciamento social, que teve início no Brasil em março de 2020, e os novos protocolos de saúde da OMS, os setores que mais se destacaram no comparativo ano a ano foram: hobby & livrarias, com um crescimento de 110%, e o de drogaria, com alta de 88,7%.

“Sabemos que esse crescimento exponencial do e-commerce foi intensamente acelerado pelo distanciamento social que vivemos em 2020 e a contínua necessidade do consumidor em comprar mesmo sem sair de casa”, afirma João Pedro Paro Neto, presidente da Mastercard no Brasil e ConeSul.

“À medida que a realidade da pandemia e as novas preocupações com higiene entraram na vida do consumidor, as compras online se tornaram um modo de vida para quase tudo.”, completa o executivo.

Já o varejo físico brasileiro registrou expansão de 0,2% no ano de 2020 em comparação com 2019 — um número pequeno, mas positivo e que demonstra um crescimento importante para setor.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.