Consumidor deve se proteger contra fraudes neste feriado

0 49

O Dia das Mães é uma data em que aumenta o fluxo de pessoas nos centros comerciais. Por isso, tanto o consumidor quanto o comerciante precisam estar atentos para não se tornarem vítimas de golpes, como alerta a Serasa Experian. 

Veja as dicas de prevenção preparadas pelos especialistas da Serasa Experian para o consumidor:

Informações

-Não forneça seus dados pessoais para pessoas estranhas.

-Nunca deixe o documento com um desconhecido quando você não estiver por perto.

-Não diga ou confirme suas informações pessoais por telefone.

-Não perca de vista seus documentos de identificação quando solicitados para protocolos de ingresso em determinados ambientes ou para quaisquer negócios.

-Não informe os números dos seus documentos quando participar de sorteios.

-Mantenha atualizado o antivírus do seu computador diminuindo os riscos de ter seus dados pessoais roubados por arquivos espiões.

-Não faça cadastros em sites que não sejam de confiança e fique atento às dicas de segurança da página, por exemplo, como a presença do cadeado de segurança.

Cheques

-Procure deixar os cheques separados dos documentos pessoais.

-Não ande com o talão de cheques ou folhas já assinadas e procure portar apenas as folhas que for utilizar no dia.

-Não deixe as folhas de cheques em cima do balcão da loja ou à vista de outras pessoas.

-Quando for preencher o cheque utilize sempre uma caneta própria.

-Evite deixar espaços em branco.

-Procure sempre emitir cheques nominais e cruzados.

-Anote as informações da compra no canhoto do talão

As empresas que realizam vendas a prazo também precisam se prevenir.  A Serasa Experian faz algumas recomendações:

-Peça sempre dois documentos originais (como RG, CPF, Carteira de Habilitação).

-Verifique inconsistências nos documentos apresentados. Por exemplo, se a foto é recente, porém a data de emissão do RG é de quando a pessoa tinha 10 anos de idade ou vice-versa.

-Procure confirmar se as informações fornecidas pelo cliente são verdadeiras, analisando atenciosamente se o nome apresentado nos documentos é o mesmo que consta no comprovante de residência.

-Solicite ao cliente o número do telefone residencial e faça a checagem dos dados naquele instante.

-Consulte alguma ferramenta de prevenção a fraudes disponível no mercado;

-Se a suspeita de fraude for grande e o comerciante não se sentir seguro com a venda, é recomendável pedir que uma parte ou todo o pagamento seja feito à vista.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.