Rede de hortifruti aposta em canais online para ampliar vendas de produtos frescos

0 806

De acordo com a Universidade de São Paulo (USP), os pedidos de frutas, hortaliças e feijão, realizados por delivery, tiveram um aumento expressivo de 40,2% para 44,6%, durante a pandemia de Covid-19. Assim como o e-commerce, que tem expectativa de atingir os 57% de crescimento no Brasil, até 2024, segundo um estudo realizado pelo “The Global Payments Report 2021”. Com isso, compras online para supermercado se tornaram essenciais e indispensáveis para o momento atual.

Um dos exemplos de marcas que investiram nessa inovação é o Oba Hortifruti, que lançou, recentemente, o seu e-commerce.

Janaína Borges, gerente de marketing do Oba, ressalta que a equipe desenvolveu uma solução digital que traz toda a exclusividade e excelência de uma loja física para o meio digital.

“A experiência, tanto no e-commerce, quanto no aplicativo, é a replicação de um histórico de mais de 40 anos da rede, que é conhecida por fazer o mais resistente cliente se apaixonar por frutas e legumes. Entendemos que o frescor do campo, uma alimentação nutritiva e a praticidade do meio digital já são prioridades para este cenário que exige cautela e cuidados redobrados com a saúde”, comenta.

Janaína ainda reforça que um dos grandes diferenciais dos canais próprios é que os produtos são escolhidos e entregues pelos colaboradores da rede – o que assegura a qualidade dos alimentos recebidos e a durabilidade na geladeira.

“Todo o processo de seleção dos produtos e logística de entregas é feito pela própria equipe da loja. A lista de frutas exclusivas, por exemplo, garante a fruta colhida em sua época certa e com o tempo de entrega ideal –  o que significa um alimento perecível que dura mais e uma relação custo-benefício única no mercado”, completa.

Essa tecnologia atinge não só a nova geração, mas também aqueles clientes que ainda têm receio de realizar as compras online. Dona Maria, de 57 anos, por exemplo, sempre teve resistência em comprar pela internet e ressalta: “achava difícil e inacessível para alguém da minha idade, nunca pensei que comprar frutas e legumes – sem tocar e ver os produtos – fosse possível, mas o Oba me garante a experiência que sempre tive nas lojas, com a segurança e conforto da minha casa”.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.