Levando os investimentos em cibersegurança para o próximo nível

0 432

Os hackers mal intencionados existem há muito tempo. A internet estava apenas engatinhando algumas décadas atrás, mas criminosos já faziam estrago nesse período. A coisa toda foi piorando com o tempo porque o número de pessoas usando a internet e a tecnologia de uma forma geral foi crescendo.

É claro que a tecnologia de segurança também foi evoluindo, mas os criminosos foram igualmente ficando mais sofisticados. 

Agora, se você tem uma empresa ou se está preocupado com sua segurança na era da informação, a melhor forma de se proteger é fazendo os investimentos certos. 

Por isso, vamos apresentar para você algumas dicas que vão levar o seu nível de segurança cibernética para outro patamar. 

Compre um bom VPN 

Um VPN é um software que cria uma rede privada dentro de uma rede pública (a internet por exemplo). Esse tipo de software aumenta o seu nível de privacidade e a segurança dos dados que você compartilha na rede. 

Existem vários VPNs gratuitos para você baixar. Inclusive, eles são muito bons, um bom VPN grátis não tem limite de dados, mas, como acontece com qualquer software, a versão paga é mais completa. Por isso recomendamos um pequeno investimento para comprar um VPN pago. 

Hora de usar um antivírus pago 

Poucas pessoas se importam em comprar um antivírus. A maioria desses softwares contam com uma versão gratuita disponível para download.  

Bom, se você é um usuário comum da internet, o tipo de pessoa que acessa algumas redes sociais e meia dúzia de sites, provavelmente, a versão gratuita será o bastante.  

Mas se você realmente se importa com a sua segurança, se o seu computador está cheio de arquivos importantes e você quer o máximo de proteção para eles, escolha um bom antivírus pago. 

Estes softwares podem ser encontrados por preços bem acessíveis, especialmente se você estiver disposto a contratar um plano anual. 

Que tal um bom software livre? 

Um software livre é um programa de código aberto que é desenvolvido de forma comunitária. Qualquer pessoa pode ver o código fonte, portanto, é fácil encontrar falhas ou espaço para melhorias.  

Há vários sistemas operacionais que são desenvolvidos de forma comunitária. Como resultado, esses sistemas são considerados muito mais seguros do que, por exemplo, qualquer versão do Windows.  

Agora, há um detalhe importante. Em inglês, as pessoas chamam isso de free software, o que pode ser traduzido como software grátis. Mas a verdade é que esses softwares não são necessariamente gratuitos. 

A boa notícia é que as versões gratuitas também são consideradas bastante seguras. O único investimento necessário nesses casos é o seu tempo e esforço para se adaptar a um sistema operacional novo. 

Treine a si mesmo e ao seu pessoal 

Que tal fazer um curso sobre segurança da informação? Ou até contratar um profissional da área para ministrar algumas palestras sobre as melhores práticas de segurança da informação? Esse é o tipo de investimento que pode fazer muita diferença. 

Entenda uma coisa sobre segurança da informação e crimes digitais: a maioria dos golpes são aplicados por criminosos que se aproveitam da falha humana.  

Não há oportunidade maior para um estelionatário digital do que funcionários de empresas sem treinamento.  

Imagine a seguinte situação, um criminoso liga para recepcionista de uma empresa, diz que houve um problema de autenticação e pede a senha do roteador para conseguir solucionar a questão. Uma recepcionista que não está atenta aos detalhes da segurança da informação passará a informação sem pensar duas vezes. 

Por isso é necessário pensar em treinamento para você e para o seu pessoal. 

Uma nova política: apenas softwares originais 

Os softwares pirateados são uma verdadeira praga no mundo digital. O Windows XP, por exemplo, foi um dos softwares mais pirateados do mundo. O problema é que a possibilidade de falhas de segurança nessas versões é enorme. 

Portanto, nada de versões piratas nos seus dispositivos ou nos dispositivos da sua empresa.

Considerações finais 

Bom, essas foram algumas dicas sobre investimentos em segurança da informação. A verdade é que um único golpe cibernético pode custar bastante caro. E não se engane, pessoas são vítimas desse tipo de golpe todos os anos. 

É melhor fazer investimentos para a prevenção do quer ter que lidar com as consequências da falta de segurança. 

 

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.