Google faz mudanças em sua rede social

0 36

Após saída do chefe do Google+, Vic Gundotra, mais de 1.000 funcionários mudaram de divisão dentro da empresa; Google analisa o que fazer com a rede social. Nem o Google, nem Gundotra deram explicações sobre a saída do executivo.

As mudanças entre os funcionários do Google+ não se restringiram à saída de Gundotra. Entre 1.000 e 1.200 pessoas que trabalhavam na divisão foram realocadas dentro do Google. A equipe que trabalhava com o Hangouts, por exemplo, deve ir para o núcleo do Android. O mesmo acontecerá com os desenvolvedores de ferramentas relacionadas a fotos do Google+.

A ideia da empresa é transformar o Google+ em uma plataforma, ao invés de um produto. Com isso, ele não estaria mais competindo diretamente com outras redes sociais como o Facebook e o Twitter.

Outra providência que o Google deve tomar é tirar a obrigatoriedade de integração entre a rede social e outros produtos da casa. O primeiro que deve ver esse fim é o YouTube.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.