Quero-Quero avalia construção de novo CD para atender PR e SP

0 901

O diretor-presidente da Lojas Quero-Quero, Peter Furukawa, disse nesta quinta-feira que a companhia avalia a construção de um novo centro de distribuição que possa atender o sul do Estado de São Paulo e parte do Paraná.

Dois centros de distribuição estão atualmente em construção nas cidades de Sarapiranga (RS) e Corbélia (PR). A expectativa da companhia é que eles sejam entregues ao longo de 2021.

Em teleconferência com analistas e investidores, o executivo deu destaque ao plano de expansão da companhia, que atualmente opera no estados do Sul. Segundo Furukawa, a equipe da Quero-Quero realizou visitas em cidades pequenas paulistas nos últimos meses e fez uma avaliação positiva sobre os locais.

A companhia acredita que pelo menos 354 cidades em São Paulo e no Mato Grosso do Sul apresentam condições favoráveis para abertura de unidades. No Sul, existem 250 cidades nas quais a Quero-Quero ainda não atua e que também apresenta boas condições, segundo o executivo.

A Quero-Quero inaugurou 50 lojas em 2020 e três nos dois primeiros meses de 2021. Com isso, a companhia tem atualmente 398 lojas, espalhadas em 315 cidades.

A companhia prevê para este ano a abertura de 70 lojas e essa projeção, por ora, não foi modificada frente à piora da pandemia, segundo Furukawa.

De acordo com o executivo, caso a crise sanitária se estenda ainda mais é possível que a construção de algumas unidades atrase, mas o objetivo da empresa segue o mesmo.
Questionado por um analista sobre o ritmo de abertura das unidades, Furukawa afirmou que a empresa “está numa direção boa e irá manter bons retornos mantendo o pé no chão”. Segundo ele, crescer “rápido demais” é algo que pode ser ruim para a companhia.

Ainda sobre a pandemia, o executivo afirmou que o desempenho das lojas em janeiro e fevereiro foi “muito bom” e que tem acompanhado de perto os efeitos das medidas de distanciamento social adotadas em estados nos últimos dias sobre o movimento nas lojas.

 

Fonte Valor Econômico
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.