Mercado Livre diz não ter interesse em comprar Correios

0 140

O presidente do Mercado Livre na América Latina, Stelleo Tolda, afirmou que a empresa não interesse em comprar os Correios. “Não sei de onde surgem especulações, mas suspeito que algumas venham até do próprio governo, para gerar um possível interesse maior no ativo. Não temos interesse em comprar os Correios. Temos interesse que continuem a funcionar e melhorem o nível de serviço”, disse na Live do Valor desta quarta-feira.

Tolda também afirmou que acha improvável que outras varejistas tenham interesse em comprar a estatal. O Magazine Luiza e a Amazon tinham sido apontadas como outras interessadas.

“Faz sentido para as companhias de logística, as transportadoras. Empresas de varejo não têm interesse em comprar uma empresa complexa como os Correios. Acho que são especulações falsas.”

Tolda diz que o grupo está interessado no que vai ocorrer, mas para os grupos interessados na compra “vale lembrar que tem que conversar com o Mercado Livre antes e depois da privatização”.

Embora tenha reduzido a participação da estatal no total de entregas, a empresa é o maior cliente dos Correios. Essa fatia dos Correios já foi de 90% das vendas totais, mas não passa de 20% agora, segundo o executivo. “Temos informação do faturamento e sabemos o quanto a gente investe e, apesar de ter diminuído nossa participação, quando falamos em números absolutos, aumentamos o investimento nos Correios”.

A empresa já prevê abrir cinco novos centros de distribuição no ano que vem e ampliar em torno de 20% o valor de investimento total, que neste ano ficou em R$ 4 bilhões. A companhia deve continuar investindo no modal aéreo, que começou neste ano com quatro aeronaves.

 

Fonte Valor Econômico
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.