P&G moderniza gestão e aposta na sustentabilidade

Detentora de marcas líderes de vendas em diversas categorias, a P&G reinventa sua operação no Brasil com a proposta de fornecer a melhor solução ao consumidor. Poliana Sousa, diretora de Comunicação, Marketing e Mídia da companhia, explica que a gestão da P&G Brasil está se tornando mais moderna, mais simples e de crescimento mais ágil, com foco na busca por otimizar a relação custo/benefício e a sustentabilidade, temas recorrentes entre as equipes de criação na grande indústria. Listado entre os dez maiores mercados para a companhia, o Brasil é palco de constantes lançamentos e investimentos em inovação ligados diretamente a essa vertente. “Prova disso é a embalagem especial de Head & Shoulders, com sua primeira embalagem reciclável de xampu do mundo, feita com até 25% de plástico retirado do oceano”, ressanta a executiva. No Brasil, a empresa desempenha bons resultados com  as marcas Pampers, Gillette, Pantene  e Oral-B.

Entre os mercados de atuação da companhia, o Brasil figura em qual posição de vendas? Não costumamos abrir esse tipo de informação, mas podemos dizer que o Brasil é um dos dez mercados mais importantes para a P&G.

Como a empresa traça sua estratégia comercial no País? Na P&G temos o propósito de melhorar a vida das pessoas e fazemos isso por meio das nossas inovações. Os consumidores estão no centro de tudo o que produzimos. Afinal, o que mais nos motiva é fazer a diferença no dia a dia das famílias. Com isso, estamos sempre prontos para entender as demandas do mercado e para trazer soluções que vão tornar cada dia melhor para as pessoas. E, para nós, essa é a grande fórmula do nosso sucesso. Precisamos estar atentos e preparados para as movimentações do mercado.

O que você pensa da busca do consumidor por produtos sustentáveis e o que a companhia tem feito em relação a isso? Sabemos como é importante tornar nosso negócio cada vez mais sustentável. Faz parte do nosso papel e é uma missão que nos acompanha desde sempre. Além de investir em iniciativas corporativas, também investimos em novas tecnologias e processos para garantir que nossos produtos e nossas cadeias produtivas sejam sempre mais sustentáveis. Ressalto a embalagem especial de Head & Shoulders, a  primeira embalagem reciclável de xampu do mundo feita com até 25% de plástico retirado do oceano. Esse é apenas um exemplo recente de inovação sustentável que a P&G dispõe aos seus consumidores.

Quais são os desafios que o trabalho com tantas marcas em uma mesma cesta de produtos impõe à empresa? O mercado de bens de consumo é competitivo e está sempre em movimento. Por isso, precisamos estar atentos e nos adiantar para trazer soluções que realmente façam a diferença para os consumidores.

A empresa tem revisado os valores de seus produtos em relação à mudança do poder aquisitivo do brasileiro? Nesse novo cenário, vemos um potencial ainda maior de desenvolvimento, pois estamos crescendo de maneira mais sustentável, com foco nas nossas inovações, o que temos de melhor. Estamos dando mais foco nos negócios da P&G em que há mais inovações, e, assim, tornamo-nos ainda mais produtivos e competitivos. Com isso, procuramos balancear a questão do custo/benefício para os nossos consumidores. Hoje, somos líderes em diversos mercados com as nossas marcas Pampers, Gillette, Pantene, Downy e Oral-B.

A P&G investe em produtos exclusivos para o mercado brasileiro? Sim, em diversos produtos, mas ressalto dois dos mais recentes: o Head & Shoulders, que inovou na maneira de comunicar o problema da caspa e criou, aqui no Brasil, uma linha contra a oleosidade, desenhada especialmente para uma demanda antiga das consumidoras brasileiras, e o Pantene, com a nova linha de cachos, que chegará ainda neste mês às gôndolas. Para obter essa inovação, realizamos a maior pesquisa do mundo sobre cabelos cacheados e criamos produtos específicos para as necessidades desse tipo de cabelo, uma das principais demandas das brasileiras.

Algum produto ou marca que a empresa comercializa em outros mercados está programado para chegar ao Brasil em breve? Estamos sempre atentos às oportunidades, e, se identificarmos potencial para o mercado brasileiro, por que não? Esse tipo de “importação” é sempre benéfico por gerar sinergia com o nosso negócio em outros países.

Quais os lançamentos mais recentes e quais serão apresentados nos próximos meses? Entre as últimas inovações, ressalto os lançamentos de Pantene com o Condicionador 3 Minutos Milagrosos, para uso diário e que tem poder de hidratação. O lançamento chegou nas versões Restauração e Liso Extremo em uma embalagem totalmente dourada de 170 ml. As linhas incrementais Hidratação e Hidro Cauterização foram lançadas no País em abril. Quanto à coleção Pantene Cachos Hidra Vitaminados, ela nasceu de uma pesquisa realizada com consumidoras cacheadas no Brasil e apresenta a fórmula mais concentrada de ativos condicionantes.

Confira essa e outras matérias da Revista Distribuição – ed agosto – clicando aqui!

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.