Totvs – 728 x 90

Pepsico se une a Danone e Nestlé para fabricar garrafas ecológicas

1 846

A norte-americana Pepsico uniu-se às europeias Danone e Nestlé num projeto para desenvolver garrafas de plástico 100% biodegradáveis, feitas totalmente a partir de material sustentável

A Danone e a Nestlé Waters já haviam se unido no ano passado à empresa norte-americana Origin Materials para criar garrafas plásticas (PET) com fibras de celulose, como papelão usado e serragem. O PET (polietileno tereftalato), um material reciclável, é um dos plásticos mais difundidos atualmente e é amplamente utilizado para embalagens de alimentos e garrafas.

A chegada da Pepsico “é mais uma prova da importância da tecnologia de ponta” criada graças à associação Naturall Garrafa Alliance, declarou Massimo Casella, chefe de pesquisa e desenvolvimento da Nestlé Waters, em comunicado.

Após ter conseguido produzir amostras de PET cuja composição tem 80% de base biológica, os parceiros esperam aumentar rapidamente essa percentagem para pelo menos 95%, dizem. As empresas esperam produzir 18.000 toneladas de PET a partir de 2020 numa fábrica construída no Canadá para essa finalidade.

Fonte Estadão
Notícias Relacionadas
1 comentário
  1. Rogerio diz

    De acordo com o processo descrito na notícia, estas garrafas NÃO são “garrafas de plástico 100% biodegradáveis”.
    Elas são feitas com matéria-prima renovável, que é outra coisa. Isto é bom, mas, hoje, existem outras alternativas mais viáveis economicamente e que podem ser inteiramente feitas com o material de origem renovável.
    Elas são recicláveis, que também é outro conceito. Isto é bom, mas, novamente, atualmente existem plásticos com índice de reciclagem bem superior ao PET.
    Não são nada biodegradáveis. Nenhuma vantagem em relação às alternativas. Existe fungo que se alimenta de PET, mas é um processo muito vagaroso, há plásticos que estão bem na frente quanto a este quesito
    Que confusão conceitual que estas gigantes estão promovendo!

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.