Nestlé troca embalagens de plástico por papel para barrinhas

0 123

Em respostas às críticas de que o setor de alimentos usa muito plástico, a Nestlé decidiu utilizar embalagens de papel para suas barrinhas de cereais.

A empresa de alimentos suíça vai começar a vender as barras de frutas e nozes da marca “Yes” na Europa em embalagens de papel. A empresa desenvolveu um método para usar esse material nas altas velocidades necessárias para embalar produtos de consumo em massa. Normalmente, as máquinas que embalam esse tipo de produto alimentar usam plástico, porque o material é resistente, elástico e leve.

Empresas de alimentos e bebidas em todo o mundo estão sob pressão de consumidores e grupos ambientalistas, como o Greenpeace, para reduzir a produção de plástico. A Nestlé também desenvolve um sistema dispensador para consumo de água fora de casa com base em garrafas reutilizáveis, em linha com a promessa de tornar todas suas embalagens recicláveis ou reutilizáveis até 2025.

“Mudar de plástico para papel não é fácil”, disse Jas Scott de Martinville, responsável pelo centro de tecnologia de produtos para confeitaria da Nestlé.

As iniciativas da empresa de Vevey, na Suíça, podem estimular companhias no setor de confeitaria a enfrentar o desafio de reduzir o uso de plásticos, embora a transição para embalar uma série de produtos em papel leve tempo, disse Scott de Martinville. A empresa também busca alternativas, como a reutilização de plástico.

Na assembleia anual em abril, representantes do Greenpeace pediram à Nestlé que mude seus métodos, dizendo que a substituição do plástico por papel vai transferir práticas destrutivas para o desmatamento. A Nestlé disse que o papel que utiliza vem de fontes sustentáveis e é certificado pelas organizações sem fins lucrativos como o Conselho de Manejo Florestal (FSC, na sigla em inglês) e o Programa para o Endosso da Certificação Florestal. O Greenpeace pediu que a empresa se concentre em sistemas de entrega com base no reabastecimento e reutilização de contêineres.

A Nestlé tem exclusividade na utilização da tecnologia de embalagem de papel com um fornecedor, que não foi identificado. Um revestimento à base de água é adicionado ao papel para selá-lo, garantindo frescor e tempo de prateleira.

A Nestlé disse que adaptou suas máquinas para embalar entre 300 e 500 barras por minuto, a mesma velocidade das embalagens de plástico. As barrinhas Yes contêm ingredientes como nozes, frutas e chocolate, e a Nestlé começou a vendê-las no Reino Unido no ano passado.

Fonte InfoMoney
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.