Mondelez se une a startups para criar projetos tecnológicos

0 33

A Mondelez decidiu replicar no Brasil um programa criado nos Estados Unidos com o objetivo de desenvolver novas maneiras de a empresa se comunicar com o consumidor por meio das tecnologias móveis . Por meio do Mobile Futures, foram selecionadas cinco startups que nos próximos meses vão desenvolver em parceria com a companhia projetos com foco em SMS, varejo mobilie, social e aplicativos. Cerca de 100 startups se inscreveram no processo de seleção, lançado em junho. Do total de investimentos em marketing feitos pela Mondelez Brasil, cerca de 15% são em mídias digitais.

Nas últimas semanas, a multinacional começou a detalhar os projetos com as startups vencedoras. Todo o processo vai durar 90 dias e o prêmio para cada selecionada é de R$ 50 mil. Segundo Natacha Volpini, gerente de Mídia Digital da Mondelez Brasil, além de criar uma cultura de empreendedorismo interno, o projeto é uma oportunidade de ter “uma ideia inovadora dentro de casa, trabalhar no universo mobile e investir no empreendedorismo”.

As startups vencedoras passaram recentemente por uma semana de imersão e agora, com a ajuda de gerentes da Mondelez, estão desenvolvendo projetos para cinco marcas da companhia: Trident, Bis, Halls, Club Social e Tang. “As ideias têm de ser pautadas nos meios com os quais o consumidor se conecta”, explica Natacha.

Foram selecionadas pelo projeto da Mondelez (que funciona como uma espécie de investidor anjo) as seguinte startups: TYSDO (marca Halls), IPostal (Bis), Guile 3D (Tang), Eyllo (Club Social) e Collact (Trident). Um dos desafios para a Mondelez, explica Natacha, é “conectar essas ideias ao plano de comunicação da empresa e com o universo dos nossos produtos. É um processo de aprendizado”.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.