JBS pede R$ 7,5 bilhões emprestado para investir em papel

0 73

O grupo J&F quer dobrar o tamanho da Eldorado, sua indústria de celulose e vai precisar de 7,5 bilhões de reais para isso. A ideia é que sua fábrica em Três Lagoas (MS) começe a operar em 2017, aumentando a capacidade de produção de 1,7 milhão para 2,5 milhões de toneladas ao ano. Para levantar o dinheiro, Joesley Batista, do frigorífico JBS, está pedindo 2,8 bilhões de reais aos fundos de pensão Previ, Petros e Funcef. Os outros 4,7 bilhões de reais estão sendo negociados com o BNDES e com um fundo de desenvolvimento regional. Se as negociações forem adiante, a família Batista, que tem mais de 80% das ações do grupo, perderia uma fatia desta porcentagem, mas ainda permaneceria como sócia majoritária e não teria investido um centavo do póprio bolso para ampliar sua indústria.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.