Exclusivo: Para crescer, P&G se empenha em capacitar o varejo

0 31

A Procter & Gamble, que atua em mais de 180 países, produz itens de cuidados pessoais, higiene e beleza, limpeza doméstica e também produtos para bebês, com marcas que incluem a Gillette, o Oral-B e a Duracell. A empresa informa que permanece firme em seu propósito de crescer, não somente no País, mas também nos demais mercados em que atua. “Em 2015, tivemos bons resultados, aumentamos nossa participação em lâminas de barbear, com mais de 83% do mercado. Em Pantene, já lideramos nos canais farma e grande varejo e prosseguimos crescendo em comparação com o ano passado. Tivemos uma recuperação forte em Pampers, terminando o ano com a liderança consolidada na categoria. Em detergentes, lançamos o novo Ariel, com um resultado inicial muito animador” diz Pedro Lobo, diretor de Trade Marketing da P&G Brasil.

A companhia orienta o varejo para que permaneça atento à maneira de apresentação dos produtos, oferecendo sortimento adequado e gôndolas bem organizadas, além de apresentar informações adequada sobre suas inovações. “A P&G esteve muito focada em 2015 no ponto de venda e também na comunicação das suas inovações. Ela aumentou sua proximidade dos clientes varejistas para entender a fundo as expectativas e o comportamento do consumidor, nesse momento em que ele precisa fazer escolhas de compra mais inteligentes. Com isso, está fazendo um trabalho de capacitação dos seus distribuidores para trabalhar melhor especialmente o mix adequado para cada tipo de loja. Um trabalho eficiente de mix tem trazido resultados impressionantes”, afirma Lobo.

Com mais de 400 itens em determinados tipos de canais de venda e parceiros do setor atacadista e distribuidor que atuam em um trabalho focado, a empresa afirma que está preparada para ultrapassar o difícil período econômico pelo qual o País está passando, com a força dos seus produtos, que fazem parte das necessidades diárias da população. “Para o ano que vem, esperamos um resultado ainda melhor, pois estaremos ainda mais bem preparados e com planos ainda melhores para enfrentar o momento difícil do Brasil. Independentemente da crise econômica, as pessoas não deixam de lavar os cabelos, de fazer a barba ou de trocar as fraldas de seus bebês. Temos muita oportunidades para crescer”, diz o executivo.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.