Após queda devido à pandemia, Coca-Cola vê recuperação

0 84

A Coca-Cola Co. informou nesta terça-feira que a demanda por seus refrigerantes está melhorando depois de registrar uma queda de 28% nas vendas em um de seus “mais desafiadores” trimestres do ano devido ao fechamento de restaurantes, teatros e espaços esportivos por causa da pandemia do Covid-19.

A Coca-Cola obtém uma parcela considerável de sua receita com a venda de refrigerantes e concentra-se em restaurantes e empresas de teatro, como McDonald’s e AMC Entertaginment Holdings , mas a maioria dessas empresas teve que fechar parte ou a totalidade suas operações por causa do vírus.

A empresa com sede em Atlanta disse que as tendências de volume unitário, um indicador importante da demanda, melhoraram sequencialmente, passando de uma queda de cerca de 25% em abril para uma queda de cerca de 10% em junho, em meio ao alívio nas medidas de restrição de circulação de pessoas.

As tendências de volume para o mês de julho até o momento caíram um dígito médio globalmente. No trimestre encerrado em junho, houve queda de 16%, com a marca Coca-Cola caindo 7% e os refrigerantes recuando 12%.

O volume unitário de chás e cafés caiu 31%, em grande parte devido ao fechamento temporário das lojas da rede Costa na Europa Ocidental. A Coca-Cola reportou receita ajustada de 7,18 bilhões de dólares, em linha com as estimativas de modo geral, segundo dados do IBES da Refinitiv.

Fonte Reuters
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.